Yacunã Tuxá

(ultima atualização em maio/2024)

Floresta, PE, 1993
Vive e trabalha em Salvador, BA

Participante do Prêmio PIPA 2024

Sandy Eduarda S. Vieira nasceu em 1993, em Floresta, cidade de Pernambuco. Mas, Yacunã só nasceu mesmo quando a arte atravessou os fios da memória e os Encantados a rebatizaram como “Filha da terra”. 

“Eu sou indígena do povo Tuxá de Rodelas, na Bahia, cresci no sertão próxima das águas do Rio São Francisco e das flores da Caatinga. Filha de mãe professora, pai agricultor. Caçula entre quatro irmãos. Sou neta e bisneta de caciques, pajé e de mulheres que levavam dentro melodias, palavras e ventos de cura. No meu trabalho, abordo a minha identidade com a força de tantas raízes. Articulo diferentes linguagens criativas para dar conta da complexidade que é ser uma mulher originária. Pinto, ilustro, escrevo palavras-memória, afundo as mãos no barro, pesquiso e aguço o meu olhar para propor uma curadoria atenta às produções artísticas feita por indígenas do Nordeste. A arte é a minha ferramenta de luta, a minha flecha. Busco com a minha arte caminhar por espaços antes improváveis para pessoas indígenas, busco despertar o olhar de gente desavisada que não conhece a própria história”.

Site: instagram.com/yacunatuxa/
behance.net/yacunatuxa

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes exclusivamente para o Prêmio PIPA 2024:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA