Sobre o Prêmio PIPA 2021

(ultima atualização em julho/2021)

SOBRE O PRÊMIO PIPA 2021

 

O Prêmio PIPA realiza em 2021 sua 12ª edição. Ao longo dos anos, manteve-se fiel à missão de divulgar e apoiar a arte contemporânea brasileira, agora com algumas mudanças.

Este ano o Prêmio ganha um novo modelo, tendo em vista dois objetivos: focar na produção mais recente e criar uma articulação mais forte entre o Prêmio e o Instituto PIPA.

Os membros do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2021 indicam até três artistas visuais, de todas as mídias, com no máximo 10 anos de carreira (a partir da primeira exposição individual ou coletiva), configurando uma trajetória mais recente no circuito artístico. Para as indicações, são considerados como parâmetros: a produção diferenciada e a relevância do Prêmio para melhor desenvolvimento e crescimento do artista ainda em uma fase inicial de carreira. 

Todos os artistas indicados que formalizam sua participação têm direito a uma página no site do PIPA, uma vídeo-entrevista e presença no catálogo bilíngue do Prêmio.

O Conselho do Prêmio PIPA  seleciona cinco artistas entre os participantes do Prêmio PIPA 2021. Os cinco Artistas Selecionados vão participar de uma exposição/ocupação nos sites e mídias sociais do Prêmio, produzindo algum material especialmente desenvolvido para a ocasião. A ideia é que sirva como uma exposição virtual dos Artistas Selecionados e contribua para a divulgação das obras, sem estabelecer uma competição entre os cinco. Cada um vai receber uma doação de R$10.000

O PIPA Online 2021 continua opcional para todos participantes da edição,  mantendo o voto pela internet em duas fases. Assim como nos anos anteriores, no primeiro turno será necessário votar em, no mínimo, três artistas. No segundo turno, o eleitor pode escolher apenas um entre os artistas que obtiveram mais de 500 votos na primeira fase. Por fim, o PIPA Online 2021 fará uma doação de R$5.000 para cada um dos dois artistas mais votados ao final do segundo turno da votação. Esta vitrine virtual, que busca ser 100% democrática e descentralizada, é especialmente relevante para os artistas de fora do eixo Rio-São Paulo que não são representados por galerias: eles encontram na votação uma maneira de mobilizar pessoas e, desta maneira, divulgar ainda mais o seu trabalho.

Diferente dos anos anteriores, em que os vencedores doavam uma obra para o Instituto, não será solicitado aos selecionados nenhuma doação. As mudanças no PIPA 2021 vão de acordo com o nosso desejo de abarcar mais artistas na trajetória do Prêmio e, por meio de aquisições pontuais, diversificar e pluralizar as obras em nosso acervo. Queremos distribuir de forma mais ampla os recursos do Instituto e incentivar outros artistas que já passaram por edições anteriores, comissionando e intensificando a aquisição de novas obras.

 

SOBRE O PRÊMIO E O INSTITUTO PIPA

O Prêmio PIPA é uma iniciativa do Instituto PIPA. Foi criado em 2010 para ser o mais relevante prêmio brasileiro de artes visuais. De 2010 a 2018, o PIPA estabeleceu uma parceria com o MAM-Rio, onde foram realizadas as exposições dos finalistas.  Cada um dos 4 finalistas de cada ano doou uma obra para coleção de arte contemporânea do museu. Em 2019, a exposição aconteceu  na Villa Aymoré, no Rio de Janeiro. Em 2020, devido a pandemia do Covid 19 não foi possível a realização da exposição. Os quatro finalistas foram declarados vencedores. O Instituto PIPA fará uma exposição com trabalhos dos quatro vencedores de 2020, de setembro a novembro de 2021, no Paço Imperial, no Rio de Janeiro.

CONSELHO

O Conselho é o órgão superior de gestão do PIPA, composto por representantes do Instituto PIPA e convidados.

Representantes do Instituto PIPA:

Roberto Vinhaes – fundador do Instituto PIPA e criador do Prêmio PIPA

Lucrécia Vinhaes – fundadora e coordenadora do Instituto PIPA

Luiz Camillo Osorio – curador do MAM-Rio de 2009-2015, diretor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio e curador do Instituto PIPA

Conselheiros convidados em 2021: Kiki Mazzucchelli (curadora independente), Marcelo Mattos Araújo (Diretor do Instituto Moreira Salles, ex-Presidente da Japan House, São Paulo, Presidente do IBRAM 2016-2018 e secretário de Estado da Cultura de São Paulo 2012-2016), Moacir dos Anjos (coordenador de Artes Plásticas da Fundação Joaquim Nabuco), Luís Antônio Almeida Braga (colecionador) e Tadeu Chiarelli (Diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo de 2015 a 2017 e professor do curso de Artes Visuais da USP).


COMITÊ DE INDICAÇÃO

Grupo de pessoas que escolhe quem será indicado ao PIPA, já que não há inscrições para concorrer ao Prêmio.

A cada edição, os Conselheiros convidam de 20 a 30 brasileiros de Norte a Sul do país e estrangeiros para compor esse Comitê. Os convidados são profissionais que atuam com arte contemporânea, como artistas consagrados, críticos da arte, colecionadores, professores, pesquisadores e curadores.

Cada um deles lista até 3 artistas que acreditem estarem aptos a participar do PIPA (nas edições de 2010 a 2012, cada membro pôde indicar até 5 artistas).

Clique aqui para conhecer o Comitê de Indicação 2021.

EQUIPE

O Instituto PIPA foi criado em 2009 com a iniciativa de criar o Prêmio PIPA.

Curadoria do Instituto PIPA e Prêmio PIPA:
Luiz Camillo Osorio
Conselheiro e um dos idealizadores do Prêmio PIPA, foi convidado para assumir a curadoria do Instituto PIPA em 2016.
É professor e atual diretor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio.
Foi curador do MAM-Rio entre 2009 e 2015.
Em 2015, foi o curador responsável pelo Pavilhão do Brasil, na Bienal de Veneza.

O Instituto PIPA e a Coordenação do Prêmio PIPA estão sob a responsabilidade de:

Lucrécia Vinhaes
Luiz Motta
Rodrigo Lobo
Áthilas Lima
Arley Ramos
Patrícia Bello
Eleina Coutinho
Mariana Casagrande
Alexia Carpilovsky
Benjamim Farah

Produtoras dos vídeos do PIPA
De 2017 a 2020: DoRio Filmes
De 2010 a 2016:  Matrioska Filmes

Estas são as informações básicas do Prêmio.
Para mais informações, navegue pelas categorias do menu, no alto da página à esquerda.


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA