Renata Felinto

(ultima atualização em julho/2020)

São Paulo, SP, 1978.
Vive e trabalha em Crato, CE.

Indicada ao Prêmio PIPA 2020.
Finalista do Prêmio PIPA 2020.

Doutora e Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP e especialista em Curadoria e Educação em Museus de Arte pelo Museu de Arte Contemporânea da USP. Artista visual e professora adjunta da URCA / CE, na qual compôs o Comitê de Pesquisa Científica, foi coordenadora do Curso de Artes Visuais e do subprojeto PIBID do mesmo curso e coordena o Grupo de Pesquisa NZINGA – Novos Ziriguiduns (Inter)Nacionais Gerados na Arte. Trabalhou na Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Itaú Cultural, Centro Cultural São Paulo, SESC, SESI / FIESP, entre outros locais. Compôs o conselho editorial da revista O Menelick 2º ato e é membro do Comitê Científico do Congresso das CSO da Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Coordenou o Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil. Recentemente participou das exposições FIAC / França 2017, Negros Indícios, na Caixa Cultural / SP, Diálogos ausentes, no Itaú Cultural / SP e no Galpão Bela Maré/ RJ, de Histórias Afro-Atlânticas, no Instituto Tomie Ohtake / MASP e foi artista convidada do 29° Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo. A arte produzida por mulheres e homens de ascendência negro-africana tem sido o tema principal de sua pesquisa e o mesmo reverbera de muitas formas em sua produção de artes visuais.

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes, exclusivamente para o Prêmio PIPA 2020:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA