Renata Azambuja

(ultima atualização em maio/2023)

Vive e trabalha em Brasília, DF
Membro do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2013, 2014, 2018 e 2023

Renata Azambuja é pesquisadora em história e teoria da arte, curadora e arte educadora. É funcionária da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal desde 1991. Atualmente integra equipe da pasta de Arte-Educação na Gerência de Arte Ambiental, Patrimonial, Língua Estrangeira e Arte – GEAPLA/SUBIN, co-coordenando o projeto Territórios Culturais. Atuou, de 1999 a 2011, como professora colaboradora de disciplinas dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Artes Visuais no Instituto de Artes da Universidade de Brasília-UnB pelo convênio SEEDF/FUB. De 2012 a 2015 exerceu a função de Coordenadora Intermediária de Ensino Médio na SEEDF. De 2014-2020 foi coordenadora de Artes Visuais do Núcleo de Arte do Centro-Oeste – NACO, localizado em Olhos d’água, GO.

É licenciada em Artes Plásticas pela UnB, bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela UnB e Mestre em Teoria e História da Arte Moderna e Contemporânea pelo City College of the City University of New York, onde defendeu a dissertação Cildo Meireles: A Física do Espaço Social. Doutora em Teoria e História da Arte pelo Instituto de Arte da Universidade de Brasília, onde defendeu a tese Dobras Curatoriais: a residência artística como lugar de prática, cujos temas de investigação são a curadoria, a residência de arte e os novos institucionalismos. Desempenhou a função de assessora de Artes Visuais na Secretaria de Cultura do DF de 1997 a 1998, produzindo uma série de eventos, entre eles as exposições de Enzo Cucchi; Yoko Ono: Goya e Ernesto Neto.

A curadoria que deflagrou sua pesquisa como curadora foi a idealizada para a exposição Arquivo Brasília Cidade Imaginário, realizada em maio de 2010, no Espaço Cultural Marcantônio Villaça em Brasília/TCU. Desde então seguiram-se essas curadorias: Iracema Barbosa: Textura dos Afetos (com a participação de Bárbara Paz, Cecília Lima, Gisele Lima, Gustavo Silvamaral, José de Deus, Luciana Ferreira e Romulo Barros), Galerias Térreo e 2, 2023. Museu da República, maio a julho 2023; Estratégias para o naufrágio: rumo azul e outras manobras, de André Santangelo, mezanino do Museu Nacional da República, agosto a outubro de 2022; Extraclasse, exposição com trabalhos de Luiz Olivieri, CCBB, março 2022; Experiência Olhos d’água: processos em residência artística, Galeria Casa, set. 2019; Urômelos, Coelhinhos e Quimeras: trabalhos recentes de Antônio Carlos Elias; Museu Correios ag/set 2018; Entretempos: Lino Valente; Galeria deCurators, ago. 2018; Dragão Floresta Abundante: a aventura de Christus Nóbrega na China: do Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB/Brasília, Nov. 2017 to Jan. 2018 foi para o CCBB/BH, Maio a Julho 2018 e seguiu para a 25a Bienal de Curitiba; Traço Suspenso: Desenhos de Mateus Gandara, Galeria 2/Museu Nacional Nov a Dez 2017; Sobre linhas, membranas e fronteiras: fotos de Cléo Alves Pinto, José Roberto Bassul e Michelle Bastos no Museu Nacional, Abril a junho 2017; Eneida Sanches no Ciclo ONÁ, Galeria deCurators, 17 e 18 de nov/2016; Deitei para repousar e ele mexeu comigo, de Fábio Baroli no CCBB, Out. 2015 a Jan/2016; Quarto Escuro, de Waleska Reuter, mar/2015, Galeria Alfinete, Brasília; Projeto Piracema, Galeria Ponto (NY Book Art Fair no MoMA), 2014; Curadoria para o programa de residências artísticas (ITS/UnB/MinC), NACO, 2014, tais como Interseções e Ficções Rurais. Em andamento: curadoria para Helena Lopes e para Eduardo Belga.

Na área editorial, teve textos em livros e catálogos de exposições publicados: História [s] da Arte – do Moderno ao Contemporâneo, resultado do Ciclo de Palestras realizadas no CCBB/Brasília, em 2003 em coautoria com Marilia Panitz; o catálogo Arquivo Brasília Cidade Imaginário, que aponta para o enfoque da pesquisa e de curadoria adotados para a exposição homônima, de 2010 e o livro Entre Poéticas e Políticas, resultado da pesquisa sobre Artes Visuais em Brasília (1960-2011), e que foi lançado em dezembro de 2012, pelo Instituto Terceiro Setor e patrocinado pela Companhia Vale do Rio Doce. Entre os textos publicados em sites, escritos para artistas e catálogos estão o livro de Iracema Barbosa (no prelo); livro do Coletivo Transverso: Atenção Isto pode ser um poema, 2018; aqueles para Paulo Andrade, Christus Nóbrega, Antônio Carlos Elias, Fabio Baroli, André Ventorim, Janaína Miranda e Sylvana Lobo, Gloria Veiga, Dani Soter e Cecille Connyh de Bressac.

Como parte da pesquisa de doutorado, produziu dois materiais: A curadoria em Artes Visuais e a produção de conhecimento artístico em Sociedade, nos Arquivos do CMD, o periódico do Departamento de Ciências Sociais da UnB/jan-jun 2017 e vídeo experimental realizado para a exposição Entretempos, conceptualizado como texto curatorial. Como resultado da participação da Residência de verão na Bibliothèque Kandinsky, no Centre Georges Pompidou, teve um texto publicado no Journal de l´Université d´eté de la Bibliotheque Kandinsky n.6+7, 2021.

Comissões de análise e seleção de que fez parte: Comissão de seleção ao edital Prêmio Darcy Ribeiro, IBRAM, nov.2019; Seleção para o Programa de Residência da Casa de Cultura da América Latina – CAL 2017; Comissão para a seleção de artista residente para o Projeto Olhares Brasileiros/Instituto Sacatar Programa Rede Nacional Artes Visuais set/2016; Seleção para a residência Ficções Rurais, NACO/GO, 2016; Comissão para o Catálogo de Obras de Arte do acervo da UnB, 2012-2015; Comissão de Seleção Casa de Cultura da América Latina/UnB, 2014; Prêmio Funarte de Arte Contemporánea 2013/Atos Visuais, 2013 – Galeria e Marquise; Comitê de Indicação do Prêmio Investidor Profissional de Arte (PIPA)/MAM/RJ, 2013, 2014 e 2018, Comissão categoria de Pesquisa de Acervos Artísticos Prêmio Pró-Cultura de Estímulo às Artes Visuais 2010/Funarte.

Palestras, mesas redondas, leituras de portfólios e cursos recentes: Mesa Athos: vida e arte, do Colóquio Athos Bulcão e Educação Patrimonial no DF, SEEDF/IPHAN/DF out.2019; Conversa online para o 2º VADB Arte Contemporaneo Latino Americano, set.2018; Bate- papo com André Santangelo e Carlos Lin, Cervejaria Criolina, setembro 2018; Entrevista sobre processo curatorial para o Ciclo Curare, ago.2018; Conversa sobre o Coletivo Transverso, Espaço Cena, 2018; As ironias da cidade: roda de conversa para I Trienal de Arquitetura na sede do IAB/DF 23 de jun.2017; Conversas sobre fotografia vinculadas à exposição Sobre linhas, membranas e fronteiras, no MUN e na Galeria Olho de Águia; Apresentação para o Seminário Arte Gestão Futuro, Elefante Galeria e Centro Cultural, março 2017; Conversas sobre Colecionismo e Curadoria, Galeria Alfinete, abril 2017; Seminário Arte, Cultura e Mediações, UFF/Niterói set/2016; Encontros do Cena, Cena Contemporânea/Museu Nacional set/2016; Leitura de portfolios para o FotoCapital, set/2016; Curso Conhecendo a produção artística contemporânea em Brasília, Espaço de Ideias, ago/2015; Conversa sobre Artes Visuais em Brasília para o Casa ArteFoto, Cine Brasília set/2015; Conversa com Gui Mohallem na Galeria Ponto jun/2013; Colecionismo e Curadoria; Fotografia como Arte Contemporânea Espaço F/508; O Contemporâneo da Arte e Fotografia e arte: gêneros, diálogos e contrapontos a partir das práticas fotográficas e artísticas contemporâneas (1970-2000) e Curso de teoria e história da arte/Comitê Curatorial; palestrante II Seminário de História da Arte e Museus/UnB, FCI, 2014. Durante muito tempo teve a fotografia como objeto de estudo e, a partir de 2011, ofereceu cursos na área, como os cursos Fotografia como Arte Contemporânea pelo Espaço F/508 de Fotografia; O Contemporâneo da Arte para o grupo Saber entre Amigos e Fotografia e arte: gêneros, diálogos e contrapontos a partir das práticas fotográficas e artísticas contemporâneas (1970-2000) no auditório da Livraria Cultura/Bsb promovido pelo Grupo Varanda.

Atua na área de arte-educação, regularmente, desde o início da década de 1990 como professora de ensinos fundamental e médio, professora em cursos de extensão universitária, palestrante e coordenadora de programas educativos na área de Artes Visuais e em projetos transdisciplinares para várias instituições públicas e privadas brasileiras como o Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília e Rio de Janeiro, Fundação Armando Álvares Penteado -FAAP, SP e Museu Vale do Rio Doce, ES e Tríade Patrimônio Turismo e Educação, DF. Responsável, também, pela concepção de material educativo para o público escolar e para professores, como os materiais educativos para exposições no Centro Cultural Banco do Brasil e Espaço Cultural Contemporâneo – ECCO, em Brasília.

Desenvolve materiais pedagógicos voltados para a área de Turismo Cultural e Educação Patrimonial, como os materiais integrantes dos projetos Caminhos da Missão Cruls e Circuito Educativo BrasiliAthos, este último agraciado com o Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade como melhor programa de educação patrimonial de 2009. Também, neste mesmo ano, recebeu prêmio na categoria de Arte Educação do 47o Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, promovido pelo IPHAN. Recentemente integrou a equipe responsável pela análise histórica e artística da obra de Athos Bulcão vinculada à arquitetura de Brasília, um projeto do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional- IPHAN e coordenado pela Tríade Patrimônio Turismo e Educação. Em 2011 co-coordenou as ações de arteeducação em Artes Visuais do projeto IdAs e Vindas do Instituto de Artes da Universidade de Brasília, participou da capacitação de professores do programa educativo Caminhos da Missão Cruls e coordenou, mais recentemente, a ação educativa da exposição Meio Século da Capital do Brasil, que ocorreu na Câmara Legislativa do DF e a ação Luiz Gonzaga: O Imaginário do Rei, ocorrida no Palácio do Planalto. Desenvolveu curadoria educativa para o Espaço Cultural Praça dos Três Poderes e Catetinho via Tríade. Desde 2021 está co-coordenando ações educativas em seis equipamentos culturais no DF pelo projeto Territórios Culturais, da SEEDF.

Conselhos curatoriais
– Conselho Curatorial da Casa de Cultura da América Latina CAL/UnB
– Espaço Cultural Marcantônio Villaça/TCU
– Núcleo de Arte Centro-Oeste (NACO), Olhos d’Água, GO

Curadorias recentes
– “Urômelos, coelhinhos e quimeras”, Museu Nacional, jun. a set. 2018
– “Dragão Floresta Abundante: a aventura de Christus Nóbrega na China”, CCBB, nov. 2017 a jan. 2018
– “Traço Suspenso: Desenhos de Mateus Gandara”, Galeria 2/Museu Nacional
– “Sobre linhas, membranas e fronteiras: fotos de Cléo Alves Pinto”, José Roberto Bassul e Michelle Bastos. Museu Nacional, abril a junho de 2017
– “Exposição de Eneida Sanches no Ciclo ONÁ”, Galeria DEcurators, 17 e 18 de nov/2016
– “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”, individual de Fábio Baroli, outubro/2015 a janeiro/2016
– “Quarto Escuro”, de Waleska Reuter, março de 2015, Galeria Alfinete, Brasília
– Curadoria para o Projeto Piracema, Galeria Ponto com vista à NY Book Art Fair no MoMA, 2014
– Curadoria Programa de Residência de Artistas (ITS/UnB/MinC), NACO, 2014
– “Arquivo Brasília Cidade Imaginário”, Espaço Cultural Marcantônio Villaça em Brasília, maio de 2010

Área editorial
– Catálogo “Dragão Floresta Abundante: a aventura de Christus Nóbrega na China”/CCBB 2017-2018
– Catálogo “Ficções Rurais: construção e pintura NACO”/2016
– Texto para o projeto “Arte Quentinha”, 2015; texto para o livro do Coletivo Transverso, 2016
– Livro Entre Poéticas e Políticas, Artes Visuais em Brasília (1960-2011) e História [s] da Arte do Moderno ao Contemporâneo, 2003
– Catálogo “Arquivo Brasília Cidade Imaginário”, de 2010
– Textos para artistas: André Ventorim, Janaína Miranda, Sylvana Lobo, Lis Marina, Glória da Veiga e Paulo Andrade.

Comissões de indicação, análise e seleção
– Comissão de seleção para o Programa de Residência da Casa de Cultura da América Latina – CAL 2017;
– Comissão para a seleção de artista residente para o Projeto Olhares Brasileiros/Instituto Sacatar Programa Rede Nacional Artes Visuais set/2016;
– Seleção para a Residência Ficções Rurais, NACO/GO, 2016;
– Comissão para o Catálogo de Obras de Arte do acervo da UnB, 2012-2015
– Comissão de Seleção Casa de Cultura da América Latina/UnB, 2014; Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2013/Atos Visuais, 2013;
– Comitê de Indicação do Prêmio Investidor Profissional de Arte (PIPA)/MAM/RJ, 2013 e 2014 e 2018
– Comissão Pesquisa de Acervos Artísticos Prêmio Pró-Cultura de Estímulo às Artes Visuais 2010/Funarte.

Palestras, mesas redondas, leituras de portfólios e cursos recentes
– As ironias da cidade: roda de conversa para I Trienal de Arquitetura na sede do IAB/DF 23 de junho 2017
– Conversas sobre fotografia vinculadas à exposição Sobre linhas, membranas e fronteiras, no MUN e na Galeria Olho dÁguia
– Conversas sobre Colecionismo e Curadoria, Galeria Alfinete, abril 2017
– Seminário Arte, Cultura e Mediações, UFF/Niterói set/2016
– Encontros do Cena, Cena Contemporânea/Museu Nacional set/2016
– Leitura de portfolios para o FotoCapital, set/2016
– Curso Conhecendo a produção artística contemporânea em Brasília, Espaço de Ideias, ago/2015
– Conversa sobre Artes Visuais em Brasília para o Casa ArteFoto, Cine Brasília set/2015
– Conversa com Gui Mohallem na Galeria Ponto jun/2013
– Colecionismo e Curadoria; Fotografia como Arte Contemporânea Espaço F/508
– O Contemporâneo da Arte e Fotografia e arte: gêneros, diálogos e contrapontos a partir das práticas fotográficas e artísticas contemporâneas (1970-2000)
– Curso de teoria e história da arte/Comitê Curatorial
– Palestrante II Seminário de História da Arte e Museus/UnB, FCI, 2014

Projetos em andamento
– Pinturas de Antônio Carlos Elias e Fotografias de André Santangelo (FAC/DF)


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA