Desali

(ultima atualização em junho/2022)

Contagem, MG, 1983.
Vive e trabalha em Belo Horizonte, MG.

Representado por Am Galeria e pela Galeria Athena.

Indicado ao Prêmio PIPA 2017, 2018, 2019 e 2022.

Desali é formado em Artes Plásticas pela Escola Guignard (UEMG), Participou das exposições: “Enciclopédia Negra” na Pinacoteca de São Paulo; exposição “Carolina Maria de Jesus: Um Brasil para os brasileiros”, no Instituto Moreira Salles; “Sertão”, Panorama 36 no MAM, Bolsa pampulha no MAP e 32 edição do Salão Arte Pará e Salão Itajaí. Já fez parte de residências, exposições, coletivos e particulares no Brasil e no exterior, possui obras adquiridas pelo Centro Cultural São Paulo (CCSP), no acervo “Arte da Cidade”, no acervo da Museu de Arte da Pampulha (MAP) e no acervo da Pinacoteca de São Paulo. Criador do Coletivo Piolho Nababo, há dez anos em Belo Horizonte, viaja por múltiplas linguagens, incluindo grafite, fotografia, vídeo e intervenção urbana, promovendo o contato entre a margem e o centro, questionando as instituições artísticas tradicionais e seu colonialismo, contaminando esses espaços com as ruas.

Site: www.desali.com

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes exclusivamente para o Prêmio PIPA 2022:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA