Mateus Moreira

(ultima atualização em março/2024)

Belo Horizonte, MG, 1996
Vive e trabalha em Belo Horizonte, MG
Representado pela Albuquerque Contemporânea

Indicado ao Prêmio PIPA 2023

Mateus é graduado em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFMG em Belo Horizonte, cidade em que nasceu e reside atualmente. Na sua investigação pictórica, constrói imagens que se desdobram das consequências de sua própria experiência de existência no mundo. Através de descobertas iconófilas, o artista transforma as ameaças políticas, ecológicas e industriais que nos circundam em lições para reimaginar o futuro vivendo no presente. Num mundo de sensações distópicas e constante opressão, a Pintura é o lugar para resistir, lutar e criar um lugar que o torne um indivíduo mais forte e preparado para os desafios do amanhã.

Em 2023, abre no Rio de Janeiro a exposição individual “Nêmesis” na Carpintaria (RJ), e “Conselhos” na Galeria Celma Albuquerque, em Belo Horizonte (MG). Em 2022, participa da 8ª edição do Programa de Residências Bolsa Pampulha, ano em que realiza a exposição coletiva “Tragédia!” na Galeria Fortes d’Aloia & Gabriel, em São Paulo (SP). Fez a individual “Desolação” na Casa Fiat de Cultura em Belo Horizonte (MG), 2021. Foi premiado no 12° Salão Artistas Sem Galeria, em São Paulo (SP), 2021. Em 2020, abriu a primeira exposição individual “Resiliências”, na Fundação de Arte de Ouro Preto (MG), e foi premiado no 9° Salão de Itabirito (MG) no mesmo ano, entre outras exposições coletivas.

Site: instagram.com/pteus_/

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes exclusivamente para o Prêmio PIPA 2023:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA