Marc Davi

(ultima atualização em agosto/2020)

Formiga, MG, 1980.
Vive e trabalha em Belo Horizonte, MG.

Indicado ao PIPA 2020.

Seja pela revivificação de símbolos decadentes, seja pela destruição do objeto eleito, Marc Davi transcorre seu discurso artístico a partir de diversas mídias e de uma rede intrincada de processos simbólicos que se agregam em nome de um esgotamento dos recursos plásticos, como estratégia de deflagração de potenciais poéticos em estado de latência. Seus trabalhos apontam para o confronto entre o caráter movediço das linguagens e a natureza arbitrária da substância que os constitui – e convocam os limites do corpo (e seus reguladores sociais) em direção ao um tensionamento com o real. Ainda que num primeiro momento a regência da imagem prevaleça, um outro discurso subjacente se insinua e revela a problemática de suas propostas: trazer à tona o arcabouço estrutural de silenciamento que se opera em territórios não acessados.  Nesse sentido, o artista parte da incompletude da matéria plástica para provocar um engajamento corporal como veículo último de  ameaça possível aos sistemas de domínio que incidem sobre o sujeito.

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes, exclusivamente para o Prêmio PIPA 2020:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA