Letícia Lopes

(ultima atualização em junho/2021)

Campo Bom, RS, 1988.
Vive e trabalha em Porto Alegre, RS.

Representada por Verve Galeria, SP e Garrido Galeria, PE.

Indicada ao PIPA 2019 e 2021. 

Letícia Lopes é artista formada em 2015 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS. No ano seguinte ao da sua graduação foi selecionada pelo Programa RS Contemporâneo, realizando sua 4ª individual, “Presença Sinistra”  no Santander Cultural, com curadoria de Marcelo Campos (UERJ). Em 2017 foi premiada pelo júri de “A Novíssima Geração”, realizando a individual “Por uma graça alcançada” no Museu do Trabalho – POA/RS, e em 2014 ganhou a 3ª Edição do Prêmio Instituto Estadual de Artes Visuais do RS. Expõe regularmente em coletivas e individuais desde  2013, tendo seu trabalho reconhecido em território nacional e também no exterior.  Em 2019 foi indicada ao Prêmio PIPA, e ganhou o 3º Prêmio de Arte Contemporânea da Aliança Francesa, o que rendeu-lhe uma residência de dois meses na Europa e sua primeira individual fora do país, “I Wanna be adored” (Centre Intermondes, La Rochelle/FR). Possui trabalhos em acervo no MAC/RS e uma publicação, o fotolivro “Pinturas Delinquentes (2018)” no acervo do Instituto Moreira Salles, SP.

Site: leticialopesart.carbonmade.com

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes exclusivamente para o Prêmio PIPA 2019:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA