Kika Diniz

(ultima atualização em maio/2022)

Rio de Janeiro, RJ, 1990.
Vive e trabalha em Rio de Janeiro, RJ.

Indicada ao Prêmio PIPA 2022.

Kika Diniz nasceu e trabalha no Rio de Janeiro. Começou a estudar artes visuais na EAV Parque Lage em 2013 e em 2020 se formou no mestrado em Estudos Contemporâneos das Artes da UFF (2018-2020) na área de estudo dos processos artísticos. Seu trabalho de conclusão “Pornografia, Erotismo e Desejo: Estratégias de Subversão” tratava do desenvolvimento de uma análise prática e teórica acerca das imagens pornográficas mainstream largamente disseminadas como produto. Na defesa da dissertação, um questionamento de sua orientadora Tania Rivera “Será que todas as imagens não contêm em si um caráter pornográfico? O prazer do olho não seria ele próprio pornográfico?” a levou a expandir sua pesquisa para o campo das imagens compartilhadas nas redes sociais.

Atualmente, sua pesquisa começa no preparo das telas, que recebem gesso preto e laca brilhante antes de se tornarem palco para as imagens. O resultado é uma superfície preta impermeável e reflexiva, fazendo alusão ao “black mirror” (espelho preto) das telas quando estão desligadas. As imagens chegam por algoritmos e são provenientes do tiktok (série odeioestrogonofe – perfil usado pela artista no aplicativo) e de compartilhamentos nas redes sociais. As imagens (retratos, cenas cotidianas, animais, receitas, paisagens e tudo mais que é compartilhado) são o ponto de partida para o processo da pintura como espaço pictórico de gesto e tinta sobre tela, levando a resultados muitas vezes distintos da imagem inicial. Os títulos dos trabalhos se referem aos vídeos e fotos dos quais as imagens foram tiradas e fazem parte das obras.

Site: www.Instagram.com/kikardiniz

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes exclusivamente para o Prêmio PIPA 2022:

 


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA