Hariel Revignet

(ultima atualização em maio/2021)

Goiânia, GO, 1995.
Vive e trabalha em Goiânia, GO.

Indicada ao Prêmio PIPA 2021.

Minhas pesquisas artísticas  são autobiogeográficas e se manifestam por intersecções, entre o social, o ancestral e o espiritual. Construir imagens, ativar memórias possíveis, demarcar no inconsciente coletivo territórios originários, esfarelar fronteiras e queimar ervas para curar as feridas coloniais. As dimensões do feminismo negro ancestral para ativar o decolonial e contra-colonial, são atravessadas para assentar um possível lugar afro-diaspórico-indígena. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFG durante minha tese de conclusão do curso crio o conceito AXÉTETURA onde faço o deslocamento das imposições epistêmicas eurocêntricas-modernas-capitalistas buscando minhas referências  de espaço, território, lugar, cultura, conhecimentos e formas de saberes a partir da cosmovisão afrocentrada e da Encantaria Indígena.

Site: www.instagram.com/harielrevignet


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA