Textos

0

“Carlos Vergara: uma poética da exuberância” – leia o texto de Luiz Camillo Osorio para a exposição

“Vergara, além de gaúcho, foi assistente de Iberê (Camargo), em meados dos anos 1960, no Rio de Janeiro. (…) Já era tempo de uma exposição do aluno consagrado e rebelde na fundação do seu mestre. Juntá-la a uma outra complementar no MARGS, onde parte significativa da memória da arte gaúcha é preservada e atualizada, faz desta ocasião uma verdadeira ocupação Vergara em Porto Alegre”, escreve Osorio

Luiz Camillo Osorio tece uma reflexão sobre escultura, diálogo e silêncio a partir de mostra que une Alberto Giacometti e Rui Chafes

O curador do Instituto PIPA questiona “Como assumir a atualidade da escultura, o lugar por excelência da gravidade e da resistência, se tudo parece se dissolver num piscar de olhos? O que ainda pode a escultura?”

Luiz Camillo Osorio escreve sobre a exposição “Tosquelles: como uma máquina de coser em um campo de trigo”

A mostra, que estava em cartaz no Museu Reina Sofia, na Espanha, apresenta a trajetória de Francesc Tosquelles, revolucionário psiquiatra catalão que atou muitos anos no Hospital de Saint-Alban, na França. A exposição agora segue para o American Folk Art Museum, de Nova York, de 12 de junho até 23 de outubro de 2023

Leia a conversa de Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre com Artur Barrio em ocasião de sua nova individual

Este sábado, será aberta no CIAJG, em Portugal, a nova individual de Artur Barrio com curadoria de Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre. Os curadores conversaram com o artista sobre sua prática e sua trajetória em entrevista publicada na revista portuguesa ‘Contemporânea’

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA