Veja o vídeo de Hanayrá Negreiros: saiba mais sobre a curadora contemplada com a residência em Londres da The PIPA Foundation

De 16 de outubro a 17 de dezembro do ano passado, foram recebidas inscrições para o projeto de residência da The PIPA Foundation em Londres, em parceria com a Chelsea College of Arts e o centro de pesquisa TrAIN da University of the Arts London, para curadores brasileiros em início de carreira, com até 35 anos de idade. Entre 29 de janeiro e 08 de fevereiro de 2024, cinco candidatos selecionados, entre os mais de 50 inscritos, participaram de uma entrevista que definiria a pessoa a ser contemplada com a oportunidade.

Após uma avaliação cuidadosa e um processo seletivo rigoroso, a The PIPA Foundation escolheu Hanayrá Negreiros para participar da residência. Ela teve uma abordagem inovadora, criativa, e seu compromisso com o avanço do campo curatorial impressionaram o comitê de seleção. A qualidade de seu projeto alinha-se perfeitamente com os objetivos da residência, promovendo o intercâmbio cultural e novas perspectivas entre o Brasil e o Reino Unido. Os membros da Foundation acreditam que essa experiência irá não apenas proporcionar percepções valiosas para Hanayrá, mas também contribuir significativamente com o diálogo intercultural e com o enriquecimento do panorama curatorial.

Hanayrá Negreiros é pesquisadora e curadora de moda, doutoranda em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), mestra em Ciência da Religião pela mesma instituição e bacharela em Moda pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Desenvolve investigações com foco em histórias do vestir e de moda da diáspora africana no Brasil, com especial interesse em práticas curatoriais, fotografia, religiosidades e memórias de família. Possui experiência nas áreas de educação, artes, museus e estudos de moda, atuando principalmente nos seguintes temas: moda e indumentária, histórias da arte e culturas afro-brasileiras.

Veja abaixo o vídeo que a curadora nos enviou, em que se apresenta e fala sobre suas expectativas para a experiência em Londres:

Hanayrá passará quatro semanas em Londres, de 15 de julho a 12 de agosto de 2024, onde terá a oportunidade de desenvolver sua pesquisa curatorial, tendo acesso aos principais museus, galerias de arte e bibliotecas do mundo. Ao concluir a residência, ela apresentará seu projeto, escreverá um artigo para a página do Instituto PIPA, e participará do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2025.

Esta é a primeira iniciativa da The PIPA Foundation, que nasce como um braço, no Reino Unido, do Instituto PIPA, criado em 2009 para documentar e promover o vibrante mundo da expressão artística brasileira. A The PIPA Foundation tem o compromisso de promover o crescimento e o reconhecimento da arte contemporânea brasileira além das fronteiras do Brasil – com o objetivo comum de apoiar artistas, curadores e pesquisadores, facilitar o seu desenvolvimento e apresentar as suas criações e estudos notáveis a um público internacional diversificado.

Continue acompanhando nossas plataformas e redes sociais para ficar a par dos próximos passos e dos desdobramentos da pesquisa de Hanayrá, que vai compartilhar conosco atualizações suas em Londres. 



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA