Nó de Paisagem #0 (Centro Histórico, Porto Alegre, 2016) Dimensões: 49 x 66 cm Técnica: impressão fotográfica em papel Canson Photo Matte, 200gsm (sem moldura) Lance Mínimo: R$ 500,00

Instituto de Artes da UFRGS promove leilão solidário para vítimas das enchentes do RS

(Rio Grande do Sul)

Alunxs do Instituto de Artes da UFRGS e artistas de todo o Brasil promovem um Leilão Solidário. Elias Maroso, artista de Sarandi, RS, enviou uma cópia 5/10 de Nó de Paisagem #0 para aquisição, obra que faz parte da coleção do Instituto PIPA. Sua venda será totalmente revertida como apoio a vítimas da atual enchente do Guaíba e regiãoPara dar um lance, acesse a postagem da obra no perfil da estudante Melissa Terres (@terres_melis).

Nó de Paisagem #0 foi o primeiro trabalho que Maroso fez em Porto Alegre, quando recém residente do bairro Centro Histórico no ano de 2016. Nesse trabalho, ele segura com a mão um complexo objeto inteiramente construído com papel fotográfico (nó toroidal), diante da vista de um intrigante estacionamento que fica logo ao lado da Estação Rodoviária, região inundada pela recente enchente do Guaíba. “Andar a esmo pelo Centro Histórico era e ainda é um método criativo, um caminho que abre ideias”, descreve Maroso.

O artista fala mais sobre a obra: “Veja que as superfícies fotográficas do objeto distorcem detalhes e cores de seu contexto como um vórtice codificado. Dedicatória à composição urbana que me atingiu. Além disso, no ângulo de registro, o objeto também alinha encaixes horizontais e verticais – seria um contágio entre a realidade tridimensional e a bidimensional? Na verdade, foi construído como uma coisa ambivalente, possível tanto ao toque das mãos como à planaridade da fotografia. Atração da vista convertida em nó-imagem palpável. Paisagem souvenir conjurada manualmente. Hoje, vivendo os dias contados do cataclisma que enche meu bairro lar de sempre, a imagem alcança ainda outra dimensão. Qual será o futuro de nosso Centro Histórico?”. 


Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA