Yhuri Cruz, "Negrociação #3 – Minha língua está em sua boca e eu a quero de volta”, Centro Cultural São Paulo, 2023, foto Ding Musa

Yhuri Cruz realizará performance aberta ao público este sábado no Sesc Quitandinha

(Petrópolis, RJ)

O Sesc Quitandinha convida para a performance “Negrociação #3 – Minha língua está em sua boca e eu a quero de volta”, do artista Yhuri Cruz, que será realizada no dia 6 de janeiro de 2024, das 14h às 18h, com entrada gratuita. O evento abre a programação de 2024 da exposição “Da Kutanda ao Quitandinha – 80 anos”, com curadoria geral de Marcelo Campos, que fica em cartaz no local até 25 de fevereiro.

A partir de “cenas” – como chama suas performances –, Yhuri Cruz aborda sistemas de poder, relações de opressão, e também “encenações de cura, resgates subjetivos e violências sociais reprimidas”. Esta cena consiste em uma ação interativa do artista com o público, ao lado de mais cinco atores. Para os interessados em participar, ele distribuirá 100 camisetas e falas – a partir de senhas prévias, por ordem de chegada – e o público será convidado a trocar as camisetas de Anastácia Livre por registros em vídeo de suas línguas e por áudios de suas vozes. A ação também será gravada.

“Negrociação #3” faz parte da série de cenas pretofágicas elaboradas por Yhuri Cruz desde 2019. Na obra, ele busca a dramaturgia da troca de imagens negras entre pessoas negras e não-negras. O artista propõe ao público diversas ações de troca na performance, e, como resultado da negociação, os participantes levam consigo uma imagem de valor cultural da diáspora. Partindo do desejo de trair a linguagem por meio do ato da troca, a imagem de Anastácia Livre, recorrente na produção do artista, se multiplica ao mesmo tempo em que a língua – imagem daquilo que fora negado à Anastácia – “é cedida à sua imagem como um ato que ressoa e faz viver seu espírito enquanto força ancestral”.

Confira abaixo o texto que o artista compartilhou em seu perfil do Instagram convidando as pessoas para a ação e contando sobre a ideia da performance:

“As camisas oficiais de Anastácia Livre são muito requisitadas todos os dias há alguns anos, um fato que me deixa muito feliz. No entanto, elas ainda não estão a venda, pois até o momento eu ainda as entendo como um bem devocional, não um bem de consumo. Isso quer dizer que me interessa a troca dessas camisas muito mais do que a venda delas. Escrevi a cena ‘Negrociação: Minha língua está em sua boca e eu a quero de volta’ em 2022, como parte da minha série de dramaturgias de emancipação, para inventar uma forma de dramatizar a transação dessa imagem tão importante para tanta gente por outros tipos de capitais simbólicos, para além do dinheiro. Todos nós temos línguas e com elas sentimos sabores, prazeres. Com elas podemos articular sons e palavras. Coisas que Anastácia, e o tempo que ela representa, nunca conseguiu. Por isso coleciono as línguas do público em troca das camisas: busco dar conta de um profundo vazio histórico do corpo negro em imagens coloniais. ‘Negrociação’ é uma cena sobre o acúmulo de outros tipos de capital, sobre novos protocolos e paradigmas de trocas inclusivas. Quem se interessar em ter a cena ‘Negrociação’ em suas cidades, não deixem de entrar em contato comigo. Apenas um esforço coletivo faz uma cena de distribuição ‘gratuita’ de uma imagem de poder. Envolve instituições, produções, recursos. Cenas de organização e emancipação se fazem assim. Meu trabalho, a Pretofagia, é sobre isso. Amanhã, em Petrópolis, acontece a Negrociação #3! Serão negrociadas 100 camisas por 100 línguas!“.

Acesse a postagem original aqui.

“Negrociação #3 – Minha língua está em sua boca e eu a quero de volta”, performance de Yhuri Cruz
6 de janeiro de 2024, das 14h às 18h
Centro Cultural Sesc Quitandinha
Entrada gratuita

Exposição “Da Kutanda ao Quitandinha  80 anos”
Avenida Joaquim Rolla, nº 2, Quitandinha, Petrópolis
Terça a domingo, e feriados, das 9h30 às 17h (conclusão do itinerário até as 18h)
Visitas guiadas: terças a domingos e feriados, das 10h às 16h30 (conclusão do itinerário até as 18h)
Visitação ao entorno do Lago Quitandinha: terças a domingos e feriados, das 9h às 17h (em caso de chuva a visitação é suspensa)
Entrada gratuita


Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA