Pedro Gandra, "Uiva o lobo na floresta", 2021-2022, pintura, acrílica sobre tela, 60 x 80 cm

Coletiva “Pot-pourri” reúne obras de 16 artistas de Brasília

(Brasília, DF)

A mostra Pot-pourri, em cartaz até 17 de novembro, é realizada pela Referência Galeria de Arte como parte do projeto Convida, em que galerias, escritórios de arte, coletivos de artistas e outros movimentos que atuam no segmento das artes contemporâneas apresentam suas produções, com curadoria própria, na Galeria Casa. Com curadoria de Paulo Vega Jr., a coletiva conta obras de 16 artistas de Brasília: Alessandra França, André Santangelo, Clarice Gonçalves, Daniel Perfeito, Galeno, João Angelini, José Roberto Bassul, Julio Lapagesse, Karina Dias, Léo Tavares, Marcela Campos, Márcio Borsoi, Pedro Gandra, Raquel Nava, Samantha Canovas e Virgílio Neto.

Pot-pourri, do francês, é uma expressão que, em sua acepção original, significa a combinação de diferentes plantas aromáticas desidratadas, tais como ervas, flores e frutos, em um recipiente, com o objetivo de aromatizar ambientes. Ao longo do tempo, o termo pot-pourri passou a significar também uma coleção composta pela mistura de partes de diferentes naturezas. “Diante disso”, afirma o curador, “o diversificado e vasto acervo da Referência Galeria de Arte foi a fonte de elementos para escolha e realização da curadoria. Foram selecionadas obras de artistas contemporâneos do Distrito Federal, entendendo-se, aqui, como ‘arte contemporânea do Distrito Federal’, a arte produzida por artistas vivos e residentes dentro dos limites geográficos de código de área 61, independente do fato de alguns deles serem naturais de outras unidades federativas do Brasil”.

A seleção de obras levou em consideração as especificidades tanto de cada artista quanto de sua respectiva produção artística com o intuito de “arranjar buquês individuais, homogêneos, como elementos de uma composição maior, heterogênea: um pot-pourri formado por diferentes plantas, seus aromas, características e particularidades, ou seja, diferentes artistas, suas linguagens, técnicas e temas”, completa Paulo Vega Jr.

O formato de parcerias que a Galeria Casa passa a realizar é parte do conceito desenvolvido pelo Casapark para integrar ainda mais o segmento de artes visuais à arquitetura e ao design, áreas de interesse do público do shopping. “Com isso, a Galeria Casa se integra ao também novo conceito da Pop Up do Shopcasapark, tornando-se mais dinâmica, mais flexível, um espaço onde cultura, arte e design autoral coexistem em harmonia”, afirma Carol Kanj, diretora de inovação do Casapark.

Clique nas imagens abaixo para expandí-las:

“Pot-Pourri”, coletiva
Curadoria: Paulo Vega Jr.
De 17 de agosto até 17 de novembro, 2023

Galeria Casa convida a Referência Galeria de Arte
Mezanino da Livraria da Travessa do Casapark, no SGCV Lote 22, Park Sul – Brasília
De terça a sexta, das 14h às 22h; sábado, das 10h às 20h; domingo, das 14h às 20h
Telefone: (61) 3403-5300
A entrada é gratuita e livre para todos os públicos



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA