Tinho, ocupação "Marcas de poder", 2022, Galeria Movimento

Últimos dias para visitar a ocupação de Tinho na Galeria Movimento

(Rio de Janeiro, RJ)

Até o próximo sábado, 21 de janeiro, a Galeria Movimento, localizada no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro, exibe a ocupação do artista Tinho. No mesmo dia, também será encerrada a coletiva “Dias Melhores, VERÃO” (leia sobre a mostra aqui).

O espaço que Tinho foi convidado a ocupar no casarão centenário da galeria foi criado ao longo de 2022 como um lugar voltado para fruição artística e experimentação dos artistas representados e convidados. O artista apresenta sua série inédita “Marcas de Poder”, que traz reflexões sobre o consumo e a influência disto na sociedade.

Confira abaixo o texto da curadora Érika Nascimento:

“Tinho é sansei (neto de japoneses) e um dos precursores da arte urbana no Brasil. Sua experiência nas ruas e nas reflexões sobre o lugar de pertencimento em um contexto de fluxos migratórios, o fizeram pensar sobre a estética do consumo, os formatos e padrões estabelecidos. Em 1993, o artista começou a produção de bonecos, inicialmente inspirados nos títeres ou fantoches. 

Ao transformar os retalhos dos bonecos, onde cada pedaço de tecido doado ou encontrado pelo artista em várias regiões ao redor do mundo, Tinho traz novas significâncias e vivências para seus personagens. 

Ao longo dos anos, esses bonecos ganharam novos suportes, tamanhos e representação em telas. Paralelamente a essa produção, o artista vem pesquisando a transição entre a figuração e o abstrato para tentar dar conta do ‘ser nipo-brasileiro’ (o Brasil é atualmente o país com o maior número de pessoas de origem japonesa vivendo fora do Japão). Para tal, o artista tem se interessado na história do vestuário na pintura, na construção social da moda e nas transformações de materiais, para trazer à tona temas como trocas simbólicas, marca, consumo, migração, globalização e ‘status’ social e econômico. A exposição ‘Emulação’ no CCSP, realizada em 2022 pelo artista, trouxe alguns desses aspectos. 

Suas produções mais recentes em pinturas da série ‘Marcas de Poder’ trazem, no lugar dos retalhos de tecido, as grandes marcas de luxo, como Vogue, Louis Vuitton, Chanel e Dior; e outras como Nike, EA Sports, Tiktok, Globo, BBC, Nintendo, Banco Itaú, Ifood, Dell, Apple; e bandeiras de nações, para construção de seus bonecos. 

Nesta série, Tinho coloca de forma onírica seus bonecos de pano como protagonistas, e, de forma direta e objetiva, insere logos das grandes marcas estampadas no corpo destes personagens, trazendo à tona questões sobre construção social, símbolo de identidade e pertencimento em determinados grupos e formas de expressão. 

Podemos evocar vários pensamentos para tentar dar conta deste tema tão denso que Tinho propõe nesta série, desde abordagens do campo da psicologia, antropologia, sociologia e filosofia, como nos recorda o sociólogo Pierre Bordieu ao definir ‘distinção’ como uma estratégia de diferenciação que está no âmago da vida social. 

Assim, algumas questões são lançadas: o que faz um indivíduo optar por determinadas marcas? Teriam elas esse poder de distinção? Como o desejo pelo consumo dessas marcas penetram de forma individual e coletiva? Como, no mundo midiático e globalizado, as marcas são símbolos de identificação? E quando determinados grupos, até então subalternizados, passam a consumir essas marcas? Tinho traz ainda a identificação com o outro – o ‘eu’ refletido no outro – e questiona a própria identidade do SER. 

Longe de conseguir responder a essas perguntas, mas sim lançar luzes sobre o assunto, Tinho aponta para uma espécie de ‘máquina de replicação de comportamento’, onde vemos indivíduos muitas vezes aderirem à marcas e modos de vida baseados em uma crença, quase uma ‘fé’ na construção da identidade do produto de consumo, e mais, na distinção ou aceitação em determinados grupos. E é esta replicabilidade que pode ser observada nessa nova roupagem dos bonecos pintados pelo artista.”

Veja mais obras expostas do artista aqui.

Tinho, 2022, “Bancos”, óleo e folha de ouro 24k sobre tela, 50 x 40 cm

Ocupação do artista Tinho
Até 21 de janeiro de 2023

Galeria Movimento
Rua dos Oitis, 15, 
Gávea, Rio de Janeiro, RJ
Terça a sexta, de 11h às 19h; Sábado, de 13h às 18h
Tel. +55 21 3197-1331
contato@galeriamovimento.com.br


Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA