Obra de Marcelo Amorim

“Luzeiro”: individual de Marcelo Amorim reúne retratos de amigos em pinturas a óleo

(São Paulo, SP)

Iniciando a programação de exposições do recém inaugurado espaço Soda, a exposição Luzeiro de Marcelo Amorim traz um conjunto de retratos pintados a óleo onde o brilho no olhar é ressaltado em rostos que, de modo geral, parecem se perder em uma névoa. As pessoas retratadas são todas artistas, amizades próximas do autor, indicando a subjetividade e a intimidade como um espaço de refúgio e também afirmação em tempos incertos.

No texto crítico intitulado “Vermelhidão”, que acompanha a mostra, o artista Nino Cais, um dos retratados na série, observa:

“(…) Quando olhamos para essas pinturas podemos de imediato observar que no centro dos olhos surge uma luminosidade, um branco transparente, translúcido, que quase se assemelha a um pequeno planeta. Há uma umidade nesses olhos e a sensação de que estamos solitários. Marcelo parece revelar que estamos tristes, perceber que o que mais almejamos é a mudança e que ainda estamos alertas. Na espera de um acontecimento, de um amanhã luminoso. Em estado de vigília esperando a manhã, olhos cansados em sentinela, em uma noite que perdura por mais tempo, olhos vermelhos de cansaço.”

Leia o texto completo aqui.

O espaço Soda é definido “como um lugar para a arte”. Um lugar para experimentações, exposições, site-specifics, pop-up de galerias, mostras de vídeo, conversas e apresentações com direção dos artistas Silvia Jábali e Roberto Unterladstaetter, um dos fundadores da residência Kiosko, na Bolívia.

Clique nas obras abaixo para vê-las ampliadas:

“Luzeiro”, individual de Marcelo Amorim
Abertura: sábado, 15 de outubro, às 15h
Visitação: 15, 21 e 22 de outubro de 2022

SODA

Rua Sebastião Velho 147 – Pinheiros – São Paulo, SP
Sextas das 17h às 20h; sábados das 15h às 20h

 

Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA