Experimentações da linguagem visual e pesquisa são exploradas por André Santangelo

(Brasília, DF)

O Museu Nacional da República apresenta Estratégias para o NaufrágioRumo azul e outras manobras, individual de André Santangelo, com curadoria de Renata Azambuja. A exposição traz ao público um recorte da produção de Santangelo realizada entre 2007 e 2022, propondo ao público paisagens com uma gama de sensações de natureza exterior e interior e experimentações das infinitas possibilidades da linguagem visual.  A mostra fica em cartaz até o dia 2 de outubro.

A curadora afirma que Santangelo é um artista com um longo percurso. Isso implica em considerar a existência de um extenso processo de experimentação e pesquisa com diferentes meios, linguagens e técnicas.

Com mais de 20 anos de carreira, André Santangelo desenvolve sua pesquisa de linguagem utilizando-se de diversas técnicas, como a fotografia, a pintura, a instalaçãoo desenho e o objeto. Por meio da foto fusão, funde duas imagens para criar mundos imagéticos muito próximos a uma realidade reconhecível pelo olhar. Santangelo comenta que a exposição mostra o princípio do uso das cores em sua obra fotográfica e traz um conjunto de obras azuis. Entre as séries, está “Estratégias para naufrágios”, que nasceu em meados de 2010.

Estratégias para o NaufrágioRumo azul e outras manobras, com André Santangelo
Curadoria de Renata Azambuja
De 19 de agosto a 2 de outubro

Museu Nacional da República
Esplanada dos Ministérios – Brasília – DF
De terça a domingo, das 9h às 18h30
Entrada | Gratuita
Classificação indicativa | Livre para todos os públicos



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA