Denilson Baniwa

A coletiva “Máscaras: fetiches e fantasmagorias” reúne pinturas, esculturas e instalações

(São Paulo, SP)

Até 13 de março, o Paço das Artes apresenta a mostra Máscaras: fetiches e fantasmagorias. Com curadoria de Mirtes Marins de Oliveira, a exposição reúne pinturas, esculturas e instalações que estimulam a reflexão em torno de representações de corpos e objetos, personagens da história da arte, costumes e práticas da sociedade.

A coletiva conta com trabalhos dos artistas André Azevedo, Denilson Baniwa, Panmela Castro, Gustavo von Ha, Adão Iturrusgarai, Niobe Xandó, Leonilson, Giuseppe Capogrossi, Luisa Paraguai, Letícia Parente, Gretta Sarfaty, Antony Gormley, Martha Araújo, Efigênia Rolim e Gustavo Torrezan. Organizada a partir de eixos que se entrecruzam e se sobrepõem, as obras dialogam com símbolos e têm por objetivo desorganizar, desconstruir e questionar as representações e a finalidade de objetos do cotidiano. A mostra também apresenta os conceitos das máscaras, fetiches e fantasmagorias ao longo da história.

“Máscaras: fetiches e fantasmagorias”, mostra coletiva
De 27 de novembro de 2021 a 13 de março de 2022

Paço das Artes
Rua Albuquerque Lins, 1331, Consolação, São Paulo/SP
Terça a sábado, das 11 às 19h; domingos e feriados, das 12 às 18h
Entrada gratuita



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA