Vista da exposição

Profundidade e luz na individual “Felipe Cohen: Pálpebra”

(São Paulo, SP)

Até 30 de abril, a Galeria Milan apresenta a exposição Felipe Cohen: Pálpebra, quarta individual do artista. A mostra reúne 10 obras — sendo 8 pinturas e 2 objetos — e parte da ideia de desmaterialização do horizonte através da reflexão, fenômeno que tem sido objeto de estudo presente nas peças produzidas pelo artista na última década. A partir dessa pesquisa, Felipe Cohen vem concebendo trabalhos que destacam a profundidade e o fenômeno da luz e seu efeito na ampliação da sensação espacial, bem como suas afecções sobre a experiência temporal de uma imagem.

Confira, abaixo, uma fala do artista sobre sua produção:

“Produzir paisagens, seja nas vitrines ou nas pinturas, sempre foi pra mim um pretexto para falar de articulações possíveis entre luz, tempo e espaço. O que me pareceu interessante desde o início do ato de articular essas formas foi a forma com que, com o mesmo módulo circular — símbolo do movimento cíclico —, era possível criar inúmeras situações de topografias e sugestões de profundidades. As formas encontradas nessas pinturas me remeteram também a dois olhos, na maioria das vezes com uma pálpebra aberta e outra fechada, uma espécie de olhar da paisagem para o espectador. Me pareceu interessante esse segundo espelhamento, uma paisagem que olha de volta para o espectador”.

Para ler o release completo, clique aqui.
A visitação na Galeria Milan está sendo feita mediante agendamento.

Obra de Felipe Cohen

“Felipe Cohen: Pálpebra”
De 20 de março a 3o de abril

Galeria Milan
Rua Fradique Coutinho, 1360/1416, São Paulo, SP
Segunda a sexta, 10 – 19h; Sábado, 11 – 15h
Telefone: 55 11 3031 6007
Email: galeria@galeriamilan.com.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA