Júnior Pimenta assina a curadoria de “Pós-tropical”

(Fortaleza, CE)

Júnior Pimenta, artista indicado ao Prêmio PIPA 2020, assina a curadoria da mostra individual “Pós-tropical” ao lado de Ana Cecília Soares. A exposição apresenta 18 obras de Artur Bombonato no Sobrado Dr. José Lourenço, em Fortaleza, CE, até o dia 30 de janeiro, simultaneamente à uma exibição online. Bombonato representa imageticamente, em suas pinturas a óleo, uma visão distópica do ano de 2020 com os símbolos mais evidentes: “o esvaziamento, as máscaras, as penumbras”.

O artista de 31 anos iniciou sua trajetória na arte urbana e hoje se direciona para a linguagem tradicional da pintura sobre tela. Segundo ele, “Partindo de uma base de composição mais ou menos estruturada a uma maneira clássica e proporcional, as imagens, ao serem pintadas, vão se tornando outra coisa. As escolhas intuitivas vão estabelecendo novos diálogos sob os quais não tenho total controle, a não ser pela tendência de fugir de certezas e fechamentos. A intenção é deixar o inesperado agir na dimensão significativa, mas também em sua dimensão pictórica, eventualmente forçando erros e acidentes, “criando problemas” para então encontrar brechas com ferramentas que estiverem à mão: pincéis, espátulas, escovas, panos, réguas, solventes e os próprios dedos”.

A estética realista evidencia em imagens o tom distópico que vivemos hoje, “em uma conjuntura política em escombros”, considerada, pelos curadores, de realidade “pós-tropical”

“Pós-tropical” – de Artur Bombonato
Curadoria: Ana Cecília Soares e Júnior Pimenta
De 12 de dezembro a 30 de janeiro de 2021 

Sobrado Dr. José Lourenço (Rua Major Facundo, 154 – Centro), equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará)
De terça a sexta-feira (09 às 17h); e sábados (09 às 14h) 



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA