Instalação "Corpos que se sustentam", 2020, dormentes de ferrovia e ferro, 12000 x 200 x 200 cm, peso 8 toneladas, foto por Diego Bresani

João Trevisan participa de mostra que explora o espírito do sertão

João Trevisan participa da exposição A Substância da Terra: O Sertão ao lado de Bené Fonteles, Leandro Júnior e Lidia Lisbôa, com curadoria de Simon Watson. A mostra, em exibição no Museu Nacional da República, traz o trabalho desses quatro artistas brasileiros que exploram o espírito do sertão. Esta é uma exposição itinerante cuja próxima parada será no Chelsea, em Nova York, em abril de 2021.

Abaixo, você pode conferir parte do release em que são descritas as obras que compõe A Substância da Terra: O Sertão:

“Localizada no mezanino do Museu, a instalação dessa multifacetada exposição pretende mostrar uma típica habitação do sertão brasileiro. A casa é emoldurada por duas paredes flutuantes criadas por João Trevisan, feitas em madeira, demarcando duas das paredes externas da casa, o que olhando para o interior da moradia expõe duas enormes pinturas do artista. Dentre os outros elementos artísticos que marcam as paredes externas da casa, estão dois murais de respingo de tinta cobrindo toda a extensão do chão ao teto, instalados por Leandro Júnior. Remetendo a um espaço sagrado, o interior da moradia contém ‘Torres’ por Bené Fonteles; três esculturas em tecido de Lidia Lisbôa e, uma plataforma baixa, elíptica e revestida de barro expondo várias esculturas da obra ‘Cupinzeiros’, também de Lidia Lisbôa. A instalação ‘Corpos que se sustentam’ forma uma espécie de barricada na área externa do museu, ocupando um espaço de aproximadamente 12 metros de comprimento com peso próximo de 8 toneladas, em que dormentes de linha férrea aludem à imagem de corpos empilhados uns sobre os outros na posição horizontal. Esse grande corpo que se estabelece ao longo da paisagem de Brasília busca criar um novo diálogo entre esse sujeito presente em contraste com o concreto e os espaços abertos tão evidentes na cidade”.

A Substância da Terra: O Sertão
De 13 de novembro, 2020, a 14 de fevereiro, 2021

Museu Nacional da República
Setor Cultural Sul, Lote 2 próximo à Rodoviária do Plano Piloto, Brasília – DF, 70070-150
Horário de visitação: Sexta-feira a Domingo, das 10h às 16h00 (provisoriamente, enquanto durar a pandemia)
Telefones: (61) 3325-5220 e 3325-6410
Contato: museu@cultura.df.gov.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA