David Cury é contemplado com o Prêmio RespirArte da FUNARTE

O artista David Cury foi um dos contemplados pelo Prêmio RespirArte da Funarte 2020, com o trabalho “Réquiem aos descoroados”. A ação de arte em formato de vídeo foi pensada para ilustrar este ano de pandemia: “Na noite sem começo nem fim da pandemia causada pelo Covid-19, a ação de arte entrega um semirosto em comportamento diagonal à meia-luz de uma vela ― que em exígua bacia acende um metafórico vermelho. Bruxuleante, essa sequência de imagens tem linhagens distante e recente simultaneamente, remetendo da peste bubônica na Baixa Idade Média (em meados do século 14) ao Cubismo Analítico (1909-1912) ― cuja visualidade fragmentária é conceitualmente emblemática da emergente Era das Incertezas e inconclusa transitoriedade da vida”.

Cury recita um poema inédito no vídeo, em que embaralha significações do Latim “corona” (coroa) – a grinalda, a guirlanda e o halo solar. “Atmosférico ao modo do filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844- 1900), passando por uma literal citação do teórico inglês Thomas Hobbes (1588-1679), trata-se não menos de um manifesto de sinal negativo acerca da inação do Estado ― o mais frio dos algozes”.

Veja o vídeo completo:


Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA