Coletiva “terra” apresenta trabalhos de João Trevisan

Em “terra”, exposição coletiva na Central Galeria com João Trevisan e outros dois artistas, o curador Simon Watson reflete uma exploração curatorial que se iniciou há dois anos, em julho de 2018. Uma viagem de 20 horas realizada ao vale do Jequitinhonha, no interior de Minas Gerais, para conhecer o ateliê do pintor e escultor Leandro Junior assim como uma visita ao Quilombo de Cuba. Segundo Watson, “a região é notável de diversas maneiras: uma paisagem montanhosa, austera, acidentada e seca povoada por habitantes amigáveis, cujo espírio descomunal não é saciado pelas circunstâncias econômicas claramente dificeis da região. É uma região com profunda ligação com a história do Brasil”. O lugar é marcado pelo período colonial de exploração de metais preciosos e escravidão.

Na coletiva, dispoível até 03 de outubro, as obras estão dispostas numa leitura da esquerda para a direita, em uma temática alegórica do dia para a noite, ao longo das três paredes principais da galeria: a manhã é representada por vídeo, desenhos e esculturas de Lidia Lisboa; a tarde é representada por uma série de pinturas de Leandro Junior; e a noite é retratada por pinturas, video performance e instalação de João Trevisan.

A noite é narrada na terceira e última parede da exposição em uma série de pinturas óleo sobre tela, um vídeo performance e uma escultura robusta e articulada feita de dormentes de madeira e dobradiças de ferro do artista João Trevisan. Sua mais nova série de sete pinturas da série ‘’Intervalos’’ tem uma qualidade meditativa noturna e um preto rico que parece aludir ao espaço profundo. Em ensaio publicado no início do ano intitulado “O Ritmo Da Noite” de Ulisses Carrilho, o curador e crítico carioca refletiu sobre os “Intervalos” de Trevisan, que para ele remetem ao crepúsculo dos hábitos , repetição e ritmo. A exposição se encerra com uma video performance de Trevisan, um devaneio poético ao longo de uma ferrovia que termina em fogo. Para aqueles de nós com memórias de infância do som distante de um trem, é também sobre os confins da memória.

“terra”, coletiva com João Trevisan
Curadoria de Simon Watson
Em cartaz até 03 de outubro, 2020

Central Galeria
Bento Freitas, 306, Vila Buarque, São Paulo, SP
seg – sex 11-19h / sáb 11-17h
+55 11 930 517 652
+55 11 2645 4480
info@centralgaleria.com


Tagged:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA