Maxwell Alexandre discute o “pardo” em nova individual no MAR

O MAR, Museu de Arte do Rio, recebe “Pardo é Papel”, individual de Maxwell Alexandre, cujas 16 obras estão disponíveis para visitação de 26 de novembro de 2019 a março de 2020. Na abertura, dia 26 de novembro, foram realizadas performances dos rappers BK’ e Baco Exu do Blues.

O jovem pintor carioca, morador da Rocinha, constrói uma reflexão sobre uma cor, algo que é recorrente na história da arte, mas ele faz isso com nova abordagem, pois o pardo é ressignificado pelo artista, resultando outras interpretações. Maxwell Alexandre, ao pintar autorretratos em folhas de papel pardo perdidas perdidas em seu ateliê, em maio de 2017, percebeu que também estava diante de um ato político: pintar corpos negros sobre papel pardo. Isto se dá pois, durante muito tempo, a “cor” parda foi usada para encobrir a negritude. Como evidenciado pelo release da exposição, “Os estigmas são assumidos e revertidos. A cor da pele negra, confundida com a cor do papel, retorna como condição de resistência, como reação: ‘pardo é papel’. Congregam-se, assim, arte e cultura, forma e subjetividade”.

O MAR relata que a inclusão é a meta. Não mais o que interessa é a noção histórica de museu como um lugar de ostentação de bens, como signo de distinção, e sim como um lugar que deve reverter a periferização, transformando-a em autoestima: “Pensar museu, pensar cidade”. MW (como Maxwell Alexandre assina) traz em suas pinturas a escola, a diversão, o museu, a laje, a sala familiar, a rua e a igreja, lugares com os quais o MAR manifesta interesse em dialogar com.

“Pardo é Papel”, individual por Maxwell Alexandre
De 26 de novembro de 2019 a março de 2020

Museu de Arte do Rio
De terça a domingo, das 10h às 18h (entrada até 17h)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Entrada gratuita às terças-feiras



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA