Claudia Andujar, "Rua direita", 1970

Exposição coletiva propõe múltiplas leituras da cidade de São Paulo

(São Paulo, SP)

Uma cidade não é só um território físico: é um espaço de construção de afeto, rivalidades, tensões político-sociais, amizade e muitas outras coisas. Partindo dessa leitura múltipla da cidade, a exposição “São Paulo não é uma cidade – invenções do centro” propõe um debate sobre a constituição do centro da cidade. Com curadoria de Paulo Herkenhoff e Leno Veras, a coletiva foi especialmente proposta pelo Sesc SP para a inauguração do Sesc 24 de Maio, onde ficará em cartaz até o final de janeira de ano que vem.

Numa organização não linear ou cronológica, a exposição reúne trabalhos em diversas mídias e com diferentes abordagens sobre o tema da cidade de artistas como Jaime Laureano, indicado ao Prêmio PIPA 2016, e Fabio Morais, indicado em 2012 e 2013, e parte de contextos da história, da arte, arquitetura, indústria, comércio, turismo para elaborar uma leitura da diversa e complexa composição urbana de São Paulo.  O recorte é similar a um almanaque e busca apresentar dados fundamentais e de destaque da região, assim como curiosidades e leituras críticas sobre o Centro.

“São Paulo não é uma cidade – invenções do centro”, exposição coletiva 
Curadoria de Paulo Herkenhoff e Leno Veras
Em cartaz de 19 de agosto de 2017 até 28 de janeiro de 2018

Sesc 24 de Maio
Rua 24 de Maio, 109 – República
Funcionamento: ter – sáb, 9h às 21h; dom, 9h às 18h
T: (11) 3350-6300

 


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA