“Marina Monumental” apresenta obras de grandes dimensões de 19 artistas

A devolução da Marina da Glória ao cotidiano do carioca depois do período de Olimpíadas – o local, completamente revitalizado, foi cedido para as competições de vela – foi feita em grande estilo. Literalmente. Marco dessa reintegração, a exposição “Marina Monumental – Arte na Marina da Glória”, curada pelo francês Marc Pottier, reúne 22 obras de grandes dimensões de artistas de todo o país e busca inserir a Marina no cenário cultural da cidade.

convite-monumental-marina

A ideia é que a exposição, que exibe obras de 19 artistas de todo o país, torne-se anual. Além das esculturas grandiosas, como “Paisagem Possível V”, obra produzida especialmente para a ocasião (veja a imagem em destaque) pela artista Ivani Pedrosa, indicada ao Prêmio PIPA em 2010, há também trabalhos em outros suportes, como instalações e grafites, sempre estabelecendo uma relação com a paisagem. O capixaba Paulo Vivacqua, por exemplo, três vezes indicado ao PIPA, apresenta a instalação sonora “Floresta imaginária”, que evoca os sons de uma floresta.

“É importante observar que, apesar de contar com ambientes propícios e praticamente prontos para atividades ao ar livre com a magnitude da Marina Monumental, a Cidade do Rio aproveita muito pouco essa vocação”, observa a produtora da exposição, Karia Avillez, em entrevista ao jornal O Globo. “É esse espaço que a Marina vai preencher ao incorporar a exposição à sua agenda regular de eventos.”

O curador Marc Pottier destaca que o grande trunfo da exposição é a conversa entre as esculturas e a paisagem carioca. Afinal, a Marina da Glória é vizinha ao MAM-Rio e tem como plano de fundo um dos principais marcos visuais da cidade, o Pão de Açúcar: “A ideia é que o projeto mostre como as esculturas podem interagir ao mesmo tempo com harmonia e presença forte. Esse diálogo com as perspectivas da paisagem carioca oferece surpresa e arrebatamento”, ele disse à revista Zupi.

“Marina Monumental – Arte na Marina da Glória”, com Antonio Bokel, Almandrade, Amilcar de Castro, André Azevedo, Artur Lescher, Caligaprixo, Dirceu Maués, Frida Baranek, Flávio Cerqueira, Franz Weissmann, Galeno, Giovani Caramello, Henrique Oliveira, Ivani Pedrosa, Luiz Philippe Carneiro de Mendonça, Manfredo de Souzanetto, Paulo Vivacqua, Ursula Tautz e Zemog
Curadoria de Marc Pottier
De 19 de novembro a 18 de dezembro

Marina da Glória
Av. Infante Dom Henrique, S/N – Glória
Funcionamento: seg – dom, 10h às 22h



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA