Chiara Banfi abre individual “Fiume Achates”

(Rio de Janeiro, RJ)

Em sua terceira exposição individual na galeria Silvia Cintra + Box 4, Chiara Banfi irá apresentar dois novos trabalhos. Uma grande instalação feita com pedras de rios e uma série de treze desenhos chamada “Achates”, com pedaços de Ágata incrustadas em partituras musicais. O título da exposição vem justamente do nome de um rio na Sicília, sul da Itália, onde foram encontradas as primeiras pedras de Ágata.

Como toda a questão da obra de Chiara se baseia nas relações possíveis entre música e arte, a artista chegou nas ágatas quando estava pesquisando equipamentos de som e vitrolas. A Ágata ė na realidade um tipo de quartzo, que ė usado nesses equipamentos como um estabilizador. A partir disso, Chiara coloca esse material nas partituras, como se cada mineral tivesse sua própria frequência, vibração e consequentemente som.

Já na instalação “Afluente”, que irá ocupar metade do espaço da galeria, a artista trabalha com pedras de rio compradas em lojas de paisagismo. Essas pedras são cortadas e Chiara cabeia todas com cabos RCA, que foram desenvolvidos na década de 40 para ligar vitrolas mono a amplificadores. Embora não se trate de uma instalação sonora, fica clara uma sugestão, a memória do som dos rios que essas pedras poderiam carregar.

No dia 23 de maio, durante o CIGA (Circuito de Galerias promovido pela feira Art Rio), Chiara irá fazer na galeria um show com os músicos Domenico Lancellotti e Bruno de Lullo. Juntos eles formam a banda “Dissonambulos” que tem como principal objetivo explorar as diversas sonoridades que saem das esculturas sonoras criadas pela artista, permeando a apresentação com algumas canções que surgem e desaparecem nas ondas do som.

“Fiume Achates”, individual de Chiara Banfi
Abertura dia 14 de maio
Até 13 de junho

Silvia Cintra + Box 4
Rua das Acácias 104, Gávea
Tel. (21) 2521.0426
Www.silviacintra.com.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA