MAM-Rio | Programação da semana

(Rio de Janeiro, RJ)

EXPOSIÇÕES

Operação Condor – João Pina
18 dez 2014 – 22 fev 2015 | curadoria Diógenes Moura

Foi depois de fotografar ex-presos políticos portugueses que João Pina passou a conhecer e a pesquisar a Operação Condor, o plano secreto que “irmanou” seis países latino-americanos durante a Guerra Fria. Sua lente funcionou como um olho a observar os efeitos que esse longo período da ditadura provocou em nossa sociedade, em alguns sobreviventes e nos familiares. Estamos diante da nossa própria história. Resta-nos saber que tipo de justiça queremos.

Imagens de Escuridão e da Resistência: repressão, exclusão e opressão
18 dez 2014 – 22 fev 2015 | curadoria Luiz Camillo Osorio

A história do Brasil e do Rio de Janeiro é marcada por tensões sociais e pela luta por direitos e pelo acesso à cidadania. Nossa democratização enfrenta um passado escravocrata e patriarcal que parece manter-se inabalável. Os artistas situam-se no interior dessa luta buscando reconfigurar formas de ver e transformar a realidade, solidarizando-se com a parte dos excluídos e com a resistência a toda forma de opressão. A exposição é um pequena recorte desta luta.

Amilcar de Castro
25 nov 2014 – 1 mar 2015 | curadoria Paulo Sérgio Duarte

A exposição apresenta um resumo da obra de Amilcar de Castro dividida em quatro núcleos: Esculturas ao ar livre – esculturas monumentais na área externa do l; Núcleo a escultura e o método – no interior do prédio estarão expostas esculturas de diferentes portes; Núcleo de desenhos – obras de grande escala sobre tela e obras de menor porte sobre papel; Núcleo Gráfico – como designer gráfico, Amilcar realizou um papel revolucionário, assumindo o papel de principal artífice da reforma gráfica do Diário do Rio de Janeiro, o Jornal do Brasil.

“Resistir ao passado, ignorar o futuro e a incapacidade de conter o presente”
14 jan 2015 – 1 mar 2015 | curadoria Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre

O ateliê e as ruas estão presentes no trabalho do artista e nesta exposição, através do uso da vídeo, do livro de artista e do cartaz, testemunhando modos de apreensão da realidade.
A exposição conta ainda com a apresentação de “Equilíbrio I, II e III” do artista Carlos Zilio.

Limiares – A Coleção Joaquim Paiva no MAM
Prorrogada até 22 de março de 2015 | curadoria Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre

Em 2005, sob a forma de comodato, o MAM passou a abrigar a Coleção Joaquim Paiva que conta atualmente com 1.963 trabalhos de fotógrafos brasileiros e estrangeiros, adquiridos a partir do início dos anos 80. Trata-se de um importante acervo que incorpora diferentes espectros artísticos, desde a fotografia clássica, o retrato, a reportagem, as práticas documentais contemporâneas ou os tangenciamentos da fotografia com as artes visuais.

Ações, estratégias, situações nas coleções do MAM
28 fev 2015 – 3 mai 2015 | curadoria Marta Mestre

Um conjunto de trabalhos das coleções do Museu nos quais a ideia é preponderante relativamente à forma material. Os trabalhos expostos, produzidos por artistas brasileiros, norte-americanos e alemães a partir da década de 1960, caracterizam-se pelo seu caráter efêmero, precário e/ou crítico frente às instituições artísticas (o museu, o mercado, a crítica de arte), e atuam na deslocação dos sentidos poéticos.

“Genealogias do Contemporâneo” – Coleção Gilberto Chateaubriand
Exposição permanente | curadoria Luiz Camillo Osorio

Totalmente remodelada em abril de 2013 a exposição é dividida em: Brasil visões e vertigens, Cidade partida, Corpos híbridos, Respirações geométricas e Mergulho na coleção: nesta edição é apresentado um conjunto de trabalhos de Arlindo Daibert.

“MAM Sua história, seu patrimônio”
Exposição permanente | curadoria Elizabeth Catoia Varela

Mostra sobre nossa história e a arquitetura. Estão presentes, além da grande maquete do conjunto arquitetônico do museu, materiais gráficos de diversas épocas.

EDUCAÇÃO E ARTE

Programa em família dom 15h
Acolhimento de público em geral para visitas ao acervo e às exposições temporárias e desenvolvimento de atividades artístico-educativas nos espaços internos e externos do museu. Livre

Visitas em grupo
Visitas em grupo agendadas

ter a sex 13h e 15h grupos até 40 pessoas
agendamento: atendimento@mamrio.org.br

Programa compreendendo visitas comentadas às exposições, atividades práticas de sensibilização e proposições artístico-educativas.
Elaborado para alunos do ensino formal público e privado bem como ongs, fundações e demais instituições e grupos que trabalhem com educação especial e inclusão social.
Visitas em grupo sem agendamento
qua 16h | sáb e dom 15h
Programa elaborado para os visitantes interessados em acompanhamento comentado às exposições do museu
Programa em família: EU, VOCÊ e o MAM
dom 14h
Acolhimento de público em geral para visitas ao acervo e desenvolvimento de atividades artístico-educativas nos espaços internos e externos do museu.
Em torno de
última quarta-feira do mês, 16h
Conversas, palestras e debates sobre tópicos relacionados ao museu e às artes em geral.
Encontros com arte
qui das 14h às 16h (quinzenal)
agendamento: educarte@mamrio.org.br
Encontros elaborados para diretores, coordenadores que propiciam visitas interativas às exposições, principalmente o acervo permanente, ações artístico-educativas e abordagens metodológicas.
Ação e percepção
último sábado do mês, 16h
agendamento atendimento@mamrio.org.br
Encontros elaborados visando ampliar a acessibilidade ao museu, constando de visita ao acervo e atividades artístico-educativas.
Todas as atividades do programa de educação e arte do MAM são gratuitas

Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
Av Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo 20021-140 Rio de Janeiro RJ Brasil.
T +55 (21) 3883 5600
www.mamrio.org.br facebook/museudeartemodernarj
twitter/mam_rio

Horários
ter – sex 12h – 18h | sáb, dom e feriados 12h – 19h
Carnaval: o Museu estará fechado durante o período do carnaval, de 14 a 18 de fevereiro, voltando a funcionar normalmente a partir da quinta-feira, dia 19.
A bilheteria fecha 30 min antes do término do horário de visitação.

Ingressos
Exposições R$12,00 (inclui uma sessão gratuita na cinemateca válida no dia da emissão do ingresso).
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$6,00. Domingos ingresso família até 5 pessoas R$12,00.
Cinemateca R$6,00
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$3,00. GRATUIDADES Amigos do l, crianças até 12 anos e funcionários das empresas mantenedoras e parceiras (mediante apresentação de crachá, com direito a um acompanhante) e quartas após às 15h.

Como chegar Referência: O Museu de Arte Moderna está localizado entre o Monumento aos Pracinhas e o Aeroporto Santos Dumont

Ônibus (linhas e pontos)
Da Zona Sul >> Via Parque do Flamengo: 472 (Leme), 438(Leblon),154 (Ipanema), 401 (Flamengo), 422 (Cosme Velho). Ponto na Avenida Beira Mar em frente à passarela.
Via Aterro: 121, 125 e 127 (Copacabana). Ponto na Avenida Presidente Antônio Carlos em frente ao Consulado da França.
Da Zona Norte >> 422 (Tijuca), 472 (São Cristóvão), 438 (Vila Isabel),401 (Rio Comprido). Ponto na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Da Zona Oeste >> Frescão Taquara-Castelo (via Zona Sul). Ponto mais próximo localiza-se na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Metrô: Estação Cinelândia

Acesso a deficientes Cadeiras de rodas, rampas de acesso até os salões de exposição, elevadores e sanitários especiais.

Estacionamento Pago no local 7h – 22h

Para mais informações acesse http://mamrio.org.br.


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA