Exposição coletiva “Falso Movimento”

(Rio de Janeiro, RJ)
Daniel de Paula, Ivan Grilo e Letícia Ramos são alguns dos artistas presentes na exposição coletiva “Falso Movimento”, que está em cartaz na Galeria Luciana Caravello Arte Contemporânea e é exibida até o dia 17 de Janeiro de 2015.

A exposição foi sendo construída a partir da ideia de um movimento incessante e que, contudo, não leva a lugar algum. Ao tornar-se inconclusivo e falso, o movimento adquire um significado novo, e de físico torna-se metafórico, poético e, em última instância, inevitavelmente político, evidenciando assim o valor altamente simbólico do cruzamento das varias acepções do termo.

Daniel de Paula recorre frequentemente à combinação de um texto escrito e uma imagem, como na série das “Leituras”, registros de livros lidos “em movimento” (seja caminhando, remando ou movendo-se de outra forma), e principalmente em “Tentativa de exaustão da cidade de Paris”, que alude tanto ao universo literário do ensaio de Georges Perec “Tentativa de exaustão de um lugar de Paris”, quanto às celebres ações solitárias de Bruce Nauman em seu ateliê.

A obra de Ivan Grilo, “Voyage au Brésil”, parte de uma extensa pesquisa sobre a herança cultural africana no nordeste do país: a viagem, neste caso ironicamente equiparada, no título, a uma exótica excursão turística, é prelúdio a (ou talvez ferramenta para) uma reflexão sobre a persistente segregação racial no país.

Em “Jardim fantástico”, Letícia Ramos constrói a impressão de um filme a partir de imagens fotográficas. Evidentemente, qualquer filme funciona assim, com o movimento que surge da justaposição de fotogramas. Mas, neste caso, poder-se-ia dizer que a ilusão é ainda maior, porque a sensação do movimento não é gerada pela rápida sucessão de imagens coletadas no mesmo ponto durante um certo tempo, mas por fotografias tiradas ao mesmo tempo de pontos distintos, através de uma câmara com múltiplas lentes desenvolvida pela própria artista.

Para alguns dos artistas reunidos na exposição, o movimento, entendido aqui no seu sentido mais convencional, representa um elemento central e recorrente, uma estratégia privilegiada para a produção dos trabalhos e, antes disso, para a construção de uma poética pessoal.

“Falso Movimento”, com participações de Daniel de Paula, Ivan Grilo e Letícia Ramos
Curadoria de Jacopo Crivelli Visconti
Abertura: 11 de Dezembro, das 19h às 22h
Em cartaz até 17 de Janeiro de 2015

Luciana Caravello Arte Contemporânea
Rua Barão de Jaguaripe, 387 – Ipanema
Funcionamento: de Segunda a Sexta, das 10h às 19h. Sábado das 11h às 15h.
T: (55 21) 2523-4696
contato@lucianacaravello.com.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA