Daily Archives: 6 de dezembro de 2014

Abertura | “Afetividades Eletivas”, mostra coletiva com participações de cem artistas

(Belo Horizonte, MG) Está em cartaz a partir de hoje a mostra “Afetividades Eletivas”, um significativo conjunto de obras provenientes da coleção de Luiz Sérgio Arantes, mineiro de Uberlândia, radicado em São Paulo, engenheiro e colecionador de obras de arte há décadas. A mostra conta com 150 trabalhos – pintura, escultura, gravura, desenho, fotografia, vídeo e registros de performance –, de cerca de 100 artistas nacionais e estrangeiros. Realizadas nos últimos 40 anos, essas obras permitem tanto a discussão sobre o colecionismo quanto sobre os questionamentos suscitados pela arte contemporânea. “Sempre me interessei por novas tendências e por uma arte que problematizasse sua própria constituição enquanto arte”, ressalta Luiz. Entre os participantes estão Carla Zaccagnini, Cinthia Marcelle, Dora Longo Bahia, Laura Vinci, Mabe Bethônico, Marcelo Moscheta, Marcius Galan, Milton Marques, Ricardo Basbaum, Rodrigo Andrade, Tatiana Blass e Thiago Rocha Pitta.

Leilão às cegas “Art Surpraise” reúne obras doadas por mais de 80 artistas

(São Paulo, SP) Carla Zaccagnini, Celina Portella, Daniel Steegmann Mangrané, Estela Sokol, João Loureiro, Luciano Zanette, Luiz Roque, Marcelo Amorim, Marco Antonio Portela, Patricia Osses, Pedro Varela, Raquel Stolf, Runo Lagomarsino, Vanderlei Lopes e Wagner Malta Tavares são alguns dos artistas com obras doadas presentes no leilão “Art Surpraise”, em comemoração dos onze anos de atividade de espaço paulista. O evento que acontece somente este sábado (dia 6) é uma oportunidade para levar para casa obras de artistas renomados ou apostar em novos nomes pela qualidade e pelo gosto.

Abertura | Celina Portella inaugura mostra individual “Movimento²”

(Rio de Janeiro, RJ) O projeto “Movimento²”, realizado durante residência no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, foi desenvolvido em três etapas: a realização de estruturas, a gravação e edição e a realização dos objetos. A definição do formato e modelo dos monitores, tipo de câmera e formato de filmagem, das estruturas e parede construídas dependiam umas das outras, tornando o desenvolvimento da ideia um processo elaborado, com inúmeros testes e uma pesquisa profunda sobre os meios, suportes, equipamentos e configurações disponíveis.

Abertura | “Caneta, Lente & Pincel”, mostra coletiva multiartística

(Rio de Janeiro, RJ) A exposição segue o formato da conhecida brincadeira de telefone sem fio. Na primeira parte, 15 obras bidimensionais se sucedem. Cada uma foi feita inspirada exclusivamente na obra anterior. A segunda parte da exposição é composta por obras tridimensionais que são releituras das obras da primeira parte. Neste momento, escritores se juntaram a artistas de áreas diversas para compor as obras em duplas ou em trios. O jogo está aberto e convidamos o visitante a interagir com nosso projeto multifacetado e multiartístico.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA