Últimos dias | “Dez ao Cubo”, mostra coletiva com Julio Leite

(Porto Alegre, RS)

Está em cartaz na galeria Arte&Fato a exposição “Dez ao Cubo” que reúne artistas 15 cariocas juntamente a 10 artistas do acervo da galeria, como Julio Leite. O tema principal da mostra propõe a manifestação do cubo em diversos trabalhos.

Sobre a mostra (texto de Osvaldo Carvalho):
O novo encontro dos artistas que integram o grupo “Dez ao Cubo” se dá pela primeira vez trazendo convidados que aderiram ao conceito concebido de questionarem a originalidade criativa pela apropriação do hexaedro regular comumente conhecimento como cubo. Semelhante a todo grande movimento, a reunião do artistas surgiu de uma controvérsia sobre a autenticidade de faturas, ou melhor, quem foi o primeiro a “pensar” o cubo? E o que parecia apenas uma questão dialética de menor monta, indissolúvel mesmo, acabou por encontrar quem se propusesse a ser “herdeiro” único do referido poliedro regular. Mas gracejos à parte, a reivindicação de posse de algo hoje tão arraigado ao DNA humano parece um despropósito inconcebível de tal ordem que impulsionou dez artistas a se juntarem na causa de manifestar por meio do mote das infinitas possibilidades de se examinar, externar e explicitar a configuração cúbica.

Os ecos dessas indagações vieram com uma mostra que mais que buscar teorias desafiou-as, mais que criar conceitos tornou-os obsoletos diante da precária afirmação de uma identidade única para a forma. Sim, o projeto desmistificador engendrado pelo grupo “Dez ao Cubo” foi mais além do que a mera aparência de uma ocupação de resistência, foi a própria reação contra a inércia da mentalidade contemporânea tacanha que se julga proprietária de uma visualidade única e erudita.

Deslocar o eixo da discussão para o enfadonho e banal que se tem na arte de nossos dias foi a grande percepção que esses artistas tivram de desmitificações de complexos esquemas culturais projetados antes para o entretenimento que para a reflexão. Procurar no cubo o leito para novas investigações artísticas aparentemente aponta para uma armadilha, o que bem ressaltam os trabalhos apresentados sem nada esconder, sempre nos lembrando de onde vêm historicamente e, de fato, pretendendo isentar o espectador de qualquer razão para se sentir excluído do processo criativo, deixando claro seus pressupostos e suas fontes.

Em sua terceira mostra em 2014, com exposições internacionais agendadas para 2015, “Dez ao Cubo” se apresenta junto e misturado a outros artistas agregando sem distinção, entendendo o caráter difusos de suas ideias, a urgência de exaurir a caretice visual, de reconciliar o efêmero às nossas necessidades, de embriagar a arte de humanidade.

“Dez ao Cubo”, mostra coletiva com Júlio Leite
Visitação até 14 de novembro

Galeria Arte&Fato
Protásio Alves, 1853
T.: 51 33339044
artefatogallery.com



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA