Marcelo Cidade em mostra coletiva sobre a relação natureza e tecnologia

(São Francisco, EUA)

Marcelo Cidade participa da mostra coletiva “Landscape: the virtual, the actual, the possible?”, em cartaz desde 24 de outubro no Yerba Buena Center for the Arts (YBCA).

Tendo como base o discurso antropocênico e seus debates socioculturais, “Landscape: the virtual, the actual, the possible?” focaliza paisagens, natureza e jardins ao lançar a questão: Qual é o efeito de espelho entre paisagem e tecnologia, e como cada um nos informa como entender e experienciar nós mesmos e os outros?

A mostra considera como a interseção de natureza e tecnologia molda nossa compreensão e experiência de paisagens e jardins. Ao examinar dois ambientes geográficos distintos – a fronteira utópica da Califórnia, lar do Vale do Silício e de uma variedade de belezas naturais, e a região em volta do delta do Rio das Pérolas na China, um dos principais produtores de eletrônicos que atualmente passa por dificuldades de urbanização -, a mostra questiona se as atividades humanas alteraram a ecologia tão extensamente a ponto de criar um novo tipo de natureza, física e metaforicamente.

Apresentando temas como natureza, paisagem, jardim digital, realidade virtual, sistemas tecno-digitais e suas combinações, a mostra apresenta obras de Lucas Blalock, Elina Brotherus, Marcelo Cidade Tacita Dean, Charles Gaines, Vidya Gastaldon, Paul Kos, Liang Shuo, Anthony McCall, Alicia McCarthy, Charlotte Moth, Simon Pyle, Hiraki Sawa, Maaike Schoorel, Lois Weinberger, Zhao Renhui, Zhou Tao, Toby Ziegler, Chen Xiaoyun, Tsang Kin-Wah, e Zheng Guogu.

“Landscape: the virtual, the actual, the possible?”, com Marcelo Cidade
Em cartaz até 25 de janeiro de 2015
Visitação: quartas e domingos, de meio-dia às 18h; quinta a sábado, de meio-dia às 20h;

Yerba Buena Center for the Arts (YBCA)
701 Mission Street
San Francisco, CA 94103
T.: 415-978-2700



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA