“Mimetismo”, mostra de Daniel Steegmann-Mangrané

(Rio de Janeiro, RJ)

Os transbordamentos teóricos do “Colóquio Internacional Os Mil Nomes de Gaia: do Antropoceno à Idade da Terra” atingem a arte e são fontes para as proposições artísticas de Daniel Steegmann-Mangrané. No jardim histórico da Casa de Rui Barbosa encontram-se duas proposições artísticas do artista catalão radicado no Brasil: a instalação “Kiti Ka’aete”, gerada a partir da forma de arte abstrata dos índios guaranis e a escultura sonora “Surucuá, Teque-teque, Arará”.

A partir do conceito de perspectivismo ameríndio torna-se possível especular também sobre a abolição da divisão tradicional entre obra de arte (observada) e espectador (observador), construindo possibilidades para relações dinâmicas de transformações mútuas. Para a arte, isso significa um impulso potencia que acende um novo ponto de vista para as práticas do sensível.

“Surucuá, Teque-teque, Arará” encontra-se abrigada no caramanchão, estrutura de ferro que configura o percurso linear de 40 metros da composição formal simétrica do jardim. A captação dos sons das aves da floresta são propulsoras para a percepcão entre espaço e sonoridade. Da plasticidade do paisagismo à experiência sensorial, o que escutamos enquanto caminhamos?

A presença da floresta nos jardins da Casa de Rui Barbosa convida à experiência da imaginação: na selva urbana, no espaço-oásis entre natureza e artifício, a arte mimetiza-se na paisagem para se dissolver no mundo. Nesse nosso mundo que não está pronto para ser visto, mas um mundo comum que está pronto para ser inventado.
texto por Michelle Sommer, curadora

“Mimetismo”, mostra de Daniel Steegmann-Mangrané
Em cartaz até 21 de outubro
Visitação: jardins abertos diariamente das 8 às 18h; museu aberto de 3ª a 6ª feira, das 10 às 17h30. Na última 3ª feira do mês aberto até às 20h e fins de semana e feriados das 14 às 18h

Fundação Casa de Rui Barbosa
Rua São Clemente, 134 – Botafogo
T.: 55 21 32894600



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA