Coletiva “Conscientia” reúne artistas latino-americanos em Londres

(Londres, Reino Unido)

A exposição coletiva de pinturas e esculturas coloniais e contemporâneas “Conscientia”, com participações do artista Pablo Ferretiestá em cartaz no The Lloyds Club.

“Conscientia” oferece uma viagem pela consciência latino-americana e os desenvolvimentos históricos, políticos e culturais que a moldaram. Três formas de consciência se interpelam nessa mostra: espiritual, que tanto sustenta a existência latino-americana; racional, que molda como a vida é governada; e emocional, que impulsiona a auto-expressão.

A espiritualidade latino-americana reflete uma míriade de influências. As fés baseadas na natureza, de civilizações antigas e tribos indígenas, misturaram-se com o cristianismo, valores europeus e crenças animistas africanas. Essa combinação única provocou uma produção artística rica e diversa que, em termos espirituais como misticismo, vida, morte, vida pós morte e a questão acerca da existência de Deus, formam um foco essencial para arte colonial e continuam influenciando artes moderna e conteporânea.

O período pós-colonial na América Latina trouxe grandes expectativas para um futuro melhor, junto a um impulso de desembaralhar sistemas coloniais. Mas a euforia pela independência e a consequente sensação de poder tiveram vida curta. Muitos países enfrentaram dificuldades econômicas seguidas de intervenções militares e autoritarismo. Ainda assim, essas forças geraram um questionamento crítico e profundo e inspiraram uma contínua luta por criar, modificar e restruturar a realidade. Desse modo, poderosas correntes sociais e políticas permeiam as influências espirituais criando obras engajadas e provocativas.

Apesar das significantes diferenças nos desenvolvimentos histórico e econômico dos países, a América Latina apresenta uma marcada coesão cultural. Essa qualidade distinta do seu povo e sua produção artística é de uma expressividade apaixonada, que pode ser vista como uma trindade indivisível de alegria, melancolia e drama. Essa energia atraiu atenção global para a arte latino-americana e promete ampliar ainda mais sua influência.

Artistas participantes: Beatriz Milhazes, Carlos Cruz-Diez, Cipriano Martinez, Emilia Sunyer, Jaime Gili, Hen Coleman, Jakeline Londono, Laura Belém, Maria de Lima, Oscar Santillan, Pato Bosich, Pablo Ferreti, Raquel Schembri, Ricardo Rendón, Rivane Neuenschwander, Santiago Montoya, Sylvia Morgado e Yara Tupynambá.

“Conscientia”, group show with Pablo Ferreti
De 11 de junho a 10 de setembro
A exposição abre toda sexta às 16h ou por hora marcada de 9h a 12h e de 15h a 17h.

The Lloyds Club
42 Crutched Friars, EC3N 2AP
Londres
Entrada gratuita, exceto para alguns eventos (favor checar site para detalhes)



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA