Cinthia Marcelle e Tiago Mata Machado em mostra coletiva “Slow Future”

(Varsóvia, Polônia)

Cinthia Marcelle e Tiago Mata Machado participam da mostra coletiva “Slow Future” [“Futuro Lento”], em cartaz no Centre for Contemporary Art Ujazdowski Castle. A maioria das obras expostas são trabalhos novos de cerca de vinte artistas. A exposição é subsequente de “Emergency Pavilion – Rebuilding Utopia” (2013), realizada no Teatro Fondamenta Nuove durante a última Bienal de Veneza, com curadoria de Jota Castro.

O tema de “Slow Future” é decrescimento, um movimento social que defende o abandono do atual modelo de crescimento econômico e procura meios de melhorar a qualidade de vida dentro dos limites da capacidade do meio ambiente. Os instigadores do decrescimento questonam o valor dos bens materiais e propõem modelos econômicos alternativos: escambo, cooperativas, co-propriedades e trocas comunitárias.

De acordo com eles, é errado pensar que o crescimento econômico é indispensável para o desenvolvimento, e que essa é a meta mais importante para ser seguida por todos. Aqueles que apoiam o decrescimento acreditam que é precisamente o consumismo desimpedido que agrava as desigualdades sociais, sem mencionar o dano irreversível que causa ao meio ambiente. Através do seu estilo de vida, eles tentam se opor à busca universal por crescimento que, de acordo com eles mesmos, cria mais danos sociais do que benefícios.

Para diminuir o consumo, não devemos fazer sacrifícios ou reduzir nossa qualidade de vida. Seria suficiente usar meios e métodos alternativos em grande escala como reclicagem, transporte sustentável, converter prédios abandonados em apartamentos, e finalmente – integrar organizações locais nos processos decisivos de mudança em espaços públicos. Em uma época de crise econômica, tais conceitos se tornam altamente apreciados e inspiram artistas de todo o mundo.

Participantes:
David Adamo, Bigert & Bergström, Bianca Bondi, Tania Bruguera, Fernando Bryce, Ella de Búrca, Luis Camnitzer, Jota Castro, Joachim Coucke, James Deutsher, Maarten Vanden Eynde, Kendell Geers, Nuria Güell, Patrick Hamilton, Cinthia Marcelle, Tiago Mata Machado, Gordon Matta-Clark, Ingrid Wildi Merino, Mariele Neudecker, Wilfredo Prieto, Aleksandra Wasilkowska, David Zink Yi

“Slow Future”, mostra coletiva com Cinthia Marcelle
Em cartaz até 14 de setembro
Curador: Jota Castro

Centre for Contemporary Art Ujazdowski Castle
00-467 Warszaw
ul. Jazdów 2
tel. +48 22 628 12 71-73



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA