Abertura | “E o dia havia acabado, quando começou”, individual de Maria Klabin

(Rio de Janeiro, RJ)

Maria Klabin inaugura “E o dia havia acabado, quando começou”, sua primeira exposição individual em três anos, na Galeria Silvia Cintra + Box 4. São 12 obras em pequeno formato que ficarão expostas até 23 de agosto. Ao contrário de 2011, quando recorria à paisagem da praia como palco para um estudo sobre tempo e movimento, a nova fase da artista aborda uma longa narrativa na qual personagens aparecem em interiores, em situações sociais ou íntimas, e em espaços corporativos e expositivos.

“Tive a sensação de ter parado para escrever um conto; uma história que eu só poderia contar através da pintura, mas que se aproxima mais das preocupações de um contador de histórias do que de um pintor. Talvez por isso as telas precisassem ser pequenas, com escala mais próxima da dos livros do que de pinturas. E essa escala estabeleceu uma relação mais intimista com o processo”, comenta Maria. Para a mulher do cineasta Walter Salles, o universo da mostra remete a um “mundo labiríntico de ecos, reflexos e repetições, no qual espaços públicos e íntimos se confundem, levando a uma reflexão sobre questões de representação e realidade e também sobre o processo individual da pintura e a experiência compartilhada.”

“E o dia havia acabado, quando começou”, individual de Maria Klabin
Abertura: 24 de julho, das 19h às 22h
Em cartaz até 23 de agosto

Galeria Silvia Cintra + Box 4
Rua das Acácias 104 – Gávea
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; sábado, das 12h às 19h
Tel: 2521-0426



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA