Jonathas de Andrade participa da Dak’Art 2014 – Bienal de Arte Contemporânea Africana

(Dakar, Senegal)

Jonathas de Andrade participa na 11ª Bienal de Arte Contemporânea Africana, a Dak’Art 2014.. O artista exibirá trabalhos que integram o “Museu do Homem do Nordeste”, um conjunto de instalações e inclusive um museu real.

O projeto “Cartazes para o Museu do Homem do Nordeste” começou quando Jonathas de Andrade lançou anúncios nos classificados de um jornal popular do Recife entre 2012-2013. Os textos dos anúncios variavam a cada semana e procuravam trabalhadores interessados em posar para o cartaz do Museu do Homem do Nordeste. Vários telefonemas em resposta ao anúncio davam início a conversas em torno da convocação e de como cada um se imaginava representando a região a partir de seu próprio repertório de vida.

Essas anotações revelam as motivações de cada homem e a impressão que cada um tem de si – às vezes levando a situações incoerentes. Além dos telefonemas, fotografias eram feitas diante de situações de trabalho encontradas na rua, ao acaso. O museu de Andrade remete às definições do período colonial, contudo o homem nordestino fotografado é um homem orgulhoso. Seu trabalho também reflete a mistura cultural brasileira, certamente a maior riqueza do país.

Jonathas de Andrade participa na Dak’Art 2014
Em cartaz de 9 de maio a 8 de junho
Exibições abertas diariamente, incluindo domingos e feriados, de 10h a 18h30.

Dak’Art 2014: Biennial of Contemporary African Art
Village de la Biennale
Place de L’indépendance
Dakar, Senegal



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA