Daily Archives: 15 de abril de 2014

Maryam Jafri e TJ Demos em debate na Gasworks

(Londres, Reino Unido) O evento faz parte da primeira exposição individual de Maryam em Londres, “Mouthfeel” (Paladar). A mostra inclui um curta-metragem homônimo recém comissionado e um trabalho de texto e foto entitulado “Product Recall: An Index of Innovation” (Recall de produtos: Um índice de inovação). A exposição, que vai até 18 de maio, explora a política subjacente da indústria de produção alimentícia, combinando temas variados como “big food”, tecnologia de realçamento de sabor e consumo excessivo.

“Josephine Baker e Le Corbusier no Rio – um caso transatlântico”, com participações de Matheus Rocha Pitta e Laercio Redondo

(Rio de Janeiro, RJ) Inaugura hoje às 10h a exposição sobre o encontro da dançarina, cantora e atriz Josephine Baker com o arquiteto renomado Le Corbusier, no Rio de Janeiro em 1929. Serão expostas fotos e documentos do casal, incluindo o trajeto a bordo dos navios transatlânticos, obras de arte de artistas como Flávio de Carvalho, Marcel Gautherotl e Steven Cohen e paralelamente, trabalhos sobre o Movimento de Arte Pornô, exemplos recente da estética criada por Josephine.

Mostra individual “L’autre ciel”, de Patricia Osses

(Paris, França) Patricia Osses inaugura sua primeira mostra individual na capital francesa este sábado, com “L’autre ciel” (O outro céu). As obras recentes que estarão expostas foram produzidas numa Buenos Aires inspirada pelo escritor Jorge Luis Borges, resultado do período em que a artista passou visitando espaços literários – como a Biblioteca Nacional da Argentina ou um sebo -, experimentando a cidade em si mesma.

Exposição individual “O Informante”, de Henrique César

(São Paulo, SP) Inaugura hoje a exposição individual “O Informante”, que consiste em um termohigrógrafo (instrumento usado para registrar temperatura e umidade do ar) cujo objetivo é atuar materializando o invisível e o impalpável – as informações transcritas pelo termohigrógrafo sobre folhas de papel quadriculado serão apresentadas lado a lado sobre as paredes do espaço expositivo, criando um grande gráfico.

MAM-Rio expõe coleção de obras renomadas do século XX

(Rio de Janeiro, RJ) “Sua coleção é, de fato, única. Todavia, o que mais me interessou é que ela foi sendo formada junto aos artistas que conhecera e que lhe abriam as portas do ateliê e dos amigos artistas. Os surrealistas vieram por meio da amizade com Man Ray. Os minimalistas e conceituais por meio de Robert Ryman – que conhecera em um bar, ainda em meados da década de 1960. Assim, ele foi construindo uma coleção que juntava partes da arte do século 20 que nunca conversam nos livros de história e crítica. Os surrealistas e os conceituais, os dadaístas e os minimalistas, os europeus, os norte-americanos e os brasileiros.”, conta o curador Luis Camillo Osorio, sobre a “Inusitada Coleção de Sylvio Perlstein”.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA