Daily Archives: 13 de novembro de 2013

Rommulo Vieira Conceição participa de coletiva no MAC-RS

(Porto Alegre, Brasil) A curadora e crítica de arte Ana Zavadil apresenta o projeto “Entre: Curadoria A-Z”. Além da exposição, que reúne trabalhos de 87 artistas em diferentes meios como instalação, vídeo, performance, fotografia, desenho, gravura, escultura e pintura, um livro foi lançado. O projeto “propõe um entendimento sobre o momento atual da arte, permeado de transversalidades, em que esses artistas foram os primeiros a receber e a passar a sua produção as influências da internet e da velocidade da informação”, observa Ana.

Últimos dias | “Acaso Controlado”

(Rio de Janeiro, Brasil) A mostra acontece no MAM-Rio e tem curadoria de Vanda Klabin. “Esta exposição de Daniel Feingold consolida as suas afinidades com o território da pintura, ao enfatizar a qualidade da matéria e o embate com a tensão da tela, que é o núcleo plástico de seu trabalho. O ideário construtivista encontra ressonâncias por meio de uma intensa articulação de diferentes linhas e cores que se traduzem por um fraseado sincopado e rítmico, pela emergência de uma estrutura de tramas, faturas em camadas e superposições de planos que trazem em si uma perturbadora espacialidade cromática.” Vanda Klabin.

Últimos dias para visitar a indivual de Carlos Contente

(São Paulo, SP) Carlos Contente, conhecido por imprimir seu alter ego repetidamente através de intervenções narrativas sobre telas, papéis, objetos e paredes, exibe obras carregadas de texto e desenho, que abordam de maneira bem humorada aspectos da História da Arte e reflexões pictóricas, passando até pelas últimas manifestações políticas do país. As obras de Contente são carregadas de senso de humor e mantêm diálogo próximo com elementos dos quadrinhos e do graffiti.

Instalação de Tatiana Grinberg no Museu do Açude

(Rio de Janeiro, RJ) O Museu do Açude apresenta instalação de Tatina Grinberg. Ao se aproximar do platô dos jardins contíguos às escadarias, vê-se um pedaço de grama de 3,30m de altura por 2,85 de largura, com o formato de língua, suspenso para o alto, como se tivesse sido rasgado da terra. E dentro dele há uma pequena silhueta lembrando uma figura humana que tomba pela terra. Esta “mágica” foi obtida como resultado de um processo de seis meses de cultivo. Com auxilio de um agrônomo, Tatiana gramou uma área de 3,5 x 3,5 m sobre uma manta de feltro com terra adubada.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA