Luz, Linhas, Lugares, de Candida Höfer

Luz, Linhas, Lugares de Candida Höfer

“Luz” (light) é sempre a primeira coisa que me atrai em um espaço.

“Linhas” (lines) não são somente as linhas geométricas que constroem um espaço mas também as linhas que conectam tradições culturais.

E “Lugares” (places) descreve para mim a singularidade de cada um dos espaços que tive o privilégio de vivenciar.

A primeira vez que estive no Brasil – por um convite de Alfons Hug, diretor do Goethe Institut Rio de Janeiro – fiquei fascinada com a diferença na similaridade: Eu estive viajando anteriormente por Portugal e visitando palácios, igrejas e outros lugares por lá – mas aqui no Brasil a luz era tão diferente, o ouro era dourado não só em substância mas em seu brilho. Todas as cores pareciam respirar livremente aqui. Foi esta atitude perante a luz que eu vivenciei tanto nos prédios históricos como na arquitetura contemporânea deste país.”

Sobre a artista:

Candida Höfer (Eberswalde, Alemanha, 1944). Vive e trabalha em Colônia.

Candida Höfer estudou na Kunstakademie de Düsseldorf, à principio Cinema com Ole John e depois Fotografia com Bernd Becher. Seu trabalho já foi exposto em museus como o Kunsthalle Basel, Kunsthalle Berne, Portikus em Franfurt, MoMA em Nova York, Power Plant em Toronto e Kunsthaus Bregenz e Museum Ludwig em Colônia. Em 2002 Candida participou da Documenta 11 em Kassel e em 2003 representou a Alemanha na Bienal de Veneza, ao lado do falecido Martin Kippenberger.

“Luz, Linhas, Lugares”, de Candida Höfer
21 de novembro – 22 de dezembro
Galeria Leme
Av. Valdemar Ferreira, 130
São Paulo | Brasil
Seg – Sex 10 – 19hs
Sáb 10 – 17hs



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA