HOJE tem visita guiada com o curador às 19hs, em Londres | Exposição de Irene Kopelman na Gasworks com eventos paralelos no Natural History Museum

“The Challenger’s Report” é a primeira exposição individual, na Inglaterra, da artista argentina Irene Kopelman, que analisa a forma como as relações de paisagem e do mundo natural são culturalmente condicionados e sujeitos a alterações.

A obra de  Irene Kopelman  está enraizada no desenho in situ e guiada por processos de cópia e re-produção que revelam um fascínio com a paisagem e o ato de olhar.  A artista utiliza padrões  da natureza ou técnicas de observação e classificação da história da ciência. Seu desenho, pintura e escultura é caracterizado por imperfeições inerentes as condições de sua fabricação (apertado, empoeirado, chuvas, etc) . Inspirado pelas expedições de exploradores de renome, como Ernest Shackleton, seu trabalho é fundamentado na pesquisa empírica realizada no campo ou em arquivos naturalistas e coleções .

“The Challenger’s Report” visa mostrar  como o olhar é ditado pela cultura, pela invenção e pela circunstância. O título refere-se a expedição Challenger de 1872-1876, as descobertas que estabeleceram as bases de oceanografia moderna. A exposição inclui uma série inédita de pinturas em grande escala de microfósseis trazidos da Antártica, a partir da mal sucedida expedição de Robert Scott Nova Terra de 1910 e, agora, em exibição no Museu de História Natural de Londres. Estes são apresentados lado a lado:  La morfologia del paisaje determina sus vistas (A Morfologia da Paisagem Determina suas Visões, 2011), uma instalação composta de desenhos e um baixo-relevo de argila dos canyons no sul do Brasil, e uma réplica feita à mão de um telescópio gráfico, um instrumento ótico do início do século 19. Irene tem trabalhado com curiosidades desatualizadas como estas há diversos anos, interessada ​​em redescobrir como elas deram origem a convenções particulares de ver e maneiras de interpretar a natureza.

Paralelamente à exposição, uma série de eventos e palestras acontecem na Gasworks e no Natural History Museum, ambos em Londres.

As mais recentes exposições de Irene Kopelman são: 8a Bienal do Mercosul, Brasil; 50 Metros de Distância ou Maise, Galeria Labor, Mexico DF (2011), El Vuelo de Levy (O vôo de Levy), Montehermoso Centro de Arte, Vitoria-Gasteiz, Espanha(2009), e uma instalação no  Outline, Amsterdam, Holanda (2008).

A realização da exposição é possível graças ao apoio de Catherine Petitgas e do  Mondrian fund. A mostra continua até o dia 15 de abril.

Gasworks
155 Vauxhall Street
London SE11 5RH

http://www.gasworks.org.uk/

EVENTOS RELACIONADOS

Sexta feira – 10 de fevereiro, às 11:00 e às 14hs
VISITA GUIADA ÀS COLEÇÕES:  no NATURAL HISTORY MUSEUM

Dr Giles Miller, Curador de Vertebrados e Micropaleontologia no  Natural History Museum, faz duas visitas guiadas pelas coleções de Micropaleontologia, convidando os participantes a olhar mais de perto um mundo que nem sempre podemos ver.

É essencial fazer reserva, pois o números são limitados.
Para reservas envie um email para booking@gasworks.org.uk.

LOCAL: The Natural History Museum, Cromwell Road, London SW7 5BD

Sexta feira – 24 de fevereiro – às 19hs
VISITA GUIADA COM O CURADOR: THE CHALLENGER’S REPORT

O curador da Gasworks Robert Leckie faz um tour informal pela exposição.

Quinta feira 15 de março, 18:30 às 20:30hs
FALA DA ARTISTA: IRENE KOPELMAN

A artista Irene Kopelman apresenta sua técnica e fala sobre o desenvolvimento de The Challenger’s Report na Gasworks, oferecendo detalhes de sua pesquisa e seu processo de trabalho.

Sábado –  14 de abril, das 14 às 16hs
WORKSHOP: O TELESCÓPIO GRÁFICO

Tiemen Cocquyt, Professor de  Ótica e curador do  Museu Boerhaave em Leiden (Holanda), faz uma apresentação sobre o telescópio gráfico – um instrumento ótico – desenvolvido pelo artista e inventor britânico  Cornelius Varley, em 1807. Uma reéplica do telescópio é exibida como parte da exposição.
É essencial fazer reserva, pois o números são limitados.Para reservas envie um email para booking@gasworks.org.uk.

Seja amigo do PIPA:
Facebook: www.facebook.com/premioPIPA
Google +: www.plus.google.com/premioPIPA


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA