Tagged Willian Santos

0

Coletiva “Pintura [Diálogo de Artistas]” apresenta palestra nesta terça-feira

(Rio de Janeiro, RJ) Os críticos Ivair Reinaldim, Raphael Fonseca e Fernanda Lopes (membro do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2015) participam amanhã, 25 de abril, da palestra de “Pintura [Diálogo de artistas]”. Os três conceberam ensaios sobre a cena de pintura contemporânea para o catálogo da mostra que, em cartaz na Caixa Cultural Rio de Janeiro, investiga a diversidade de poéticas e visões de cada artista sobre a pintura.

0

Coletiva investiga as práticas pictóricas contemporâneas

(Rio de Janeiro, RJ) Ao contrário de grande parte das coletivas, “Pintura [Diálogos de artistas]”, que estreia neste fim de semana na Caixa Cultural Rio de Janeiro, não é organizada em torno de apenas um tema ou técnica. Colocando trabalhos de doze diferentes artistas lado a lado – entre eles, os já indicados ao Prêmio PIPA Elvis Almeida, Paulo Nimer Pjota, Pedro Varela, Vânia Mignone e Willian Santos –, a mostra busca justamente explorar a diversidade de poéticas e visões de cada artista sobre a pintura.






0

“Arte na Fabrika” reúne 3 exposições simultâneas

(Curitiba, PR) O Arte na Fabrika, evento organizado por Malu Meyer, pretende ativar outras experiências com as artes visuais na cidade, para além do circuito de galerias de arte contemporânea, reunindo pela primeira vez, 3 exposições simultâneas na Fabrika, espaço que manteve suas características arquitetônicas reunindo o passado e o presente com atividades criativas e sustentáveis.






Assista às entrevistas da semana: Felipe Prando, Tamara Andrade e Willian Santos

Felipe Prando é do interior do Paraná e atualmente mora em Curitiba. Realiza exposições de trabalhos artísticos desde 2005 já tendo exposto em várias cidades brasileiras, na Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Venezuela e Bélgica.
A curadora Daniela Labra pergunta ao artista: “Qual a principal carência que você observa no meio da arte contemporânea brasileira?”
Prando pondera que no Brasil não existe um meio de arte contemporânea, e sim contextos variados do que se pode chamar de meio de arte contemporânea. “Pensar desse modo é algo que me interessa muito porque é um ponto de partida de elaboração dos meus trabalhos.”
Tamara Andrade vive e trabalha em São José dos Campos, sua cidade natal. O curitibano Willian Santos diz que sua pesquisa é movediça, em constante trânsito. Ambos respondem à pergunta da crítica e curadora Alejandra Muñoz: “Em geral, na sua atividade, como começa um novo projeto artístico?”
Tamara responde que seu processo de trabalho é muito caótico e que por isso é difícil trabalhar com um projeto, uma ideia pré-concebida e depois ter que escrever sobre isso. Ela exemplifica com a série “Mergulhadores”, em que a artista demonstra seu interesse sobre o corpo humano como organismo.
Já Willian começa dizendo que pesquisa por imagens na internet, onde nunca se sabe onde os links vão levar. “Transformar o virtual em palpável é algo que muito me interessa”, conta o artista.
Assista aos vídeos.






PIPA 2014 | Willian Santos em entrevista exclusiva

A pesquisa de Willian Santos, segundo ele próprio, é movediça, em constante trânsito, desde a busca por referências até intenções de trocas com o espectador. O movimento que surge de um processo de auto-provocação com a intenção de criar diferentes métodos de trabalho, evitando um estilo, faz o artista curitibano pensar em extremos.
Nesta vídeo-entrevista, Santos responde à pergunta de Alejandra Muñoz: “Em geral, na sua atividade, como começa um novo projeto artístico?”
Ele começa dizendo que pesquisa por imagens na internet, onde nunca se sabe onde os links vão levar. “Transformar o virtual em palpável é algo que muito me interessa”, diz o artista.
Assista ao vídeo.






Artistas indicados ao PIPA 2014 – 5º boletim

Este é o quinto boletim com Artistas Indicados ao PIPA 2014, o segundo de hoje. Nele, de cinco nomes, apenas um já participou do Prêmio em outras edições. Ainda hoje teremos mais um boletim as 19hs. Os boletins estão sendo divulgados de segunda a sexta (24 a 28 de março), em três boletins diários. No PIPA os artistas são indicados pelo Comitê de Indicação, formado por 31 especialistas em arte brasileiros e estrangeiros, curadores, colecionadores, artistas consagrados, galeritas, etc.






Últimos dias | Exposição de fotografia em Curitiba

(Curitiba, PR) Nesta edição, a Bienal Internacional de Curitiba exibe obras de 150 artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade. Atenção especial é dada à arte urbana e às perfomances artísticas, que além de estarem cada vez mais fortes e presentes no cenário internacional, oferecem um contato direto e imediato com as pessoas da cidade. Literatura, web arte e música recebem também grande espaço no evento.






Bienal Internacional de Curitiba | Abertura de mostra de Fotografia

(Curitiba, PR) Nesta edição, a Bienal Internacional de Curitiba exibe obras de 150 artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade. Atenção especial é dada à arte urbana e às perfomances artísticas, que além de estarem cada vez mais fortes e presentes no cenário internacional, oferecem um contato direto e imediato com as pessoas da cidade. Literatura, web arte e música recebem também grande espaço no evento.






Artistas PIPA na Bienal Internacional de Curitiba

(Curitiba, PR) Nesta edição, a Bienal Internacional de Curitiba exibe obras de 150 artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade.
Atenção especial é dada à arte urbana e às perfomances artísticas, que além de estarem cada vez mais fortes e presentes no cenário internacional, oferecem um contato direto e imediato com as pessoas da cidade. Literatura, web arte e música recebem também grande espaço no evento.






Bienal Internacional de Curitiba

(Curitiba, PR) Nesta edição, a Bienal Internacional de Curitiba exibe obras de 150 artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade.
Atenção especial é dada à arte urbana e às perfomances artísticas, que além de estarem cada vez mais fortes e presentes no cenário internacional, oferecem um contato direto e imediato com as pessoas da cidade. Literatura, web arte e música recebem também grande espaço no evento.






O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA