Tagged Tiago Tebet

0

Marcelo Cipis e Pedro Wirz participam da coletiva “Fábula, frisson e melancolia”

(São Paulo, SP) Indicados ao Prêmio PIPA em 2013 e 2016, respectivamente, Marcelo Cipis e Pedro Wirz se juntam à Tiago Tebet em “Fábula, frisson e melancolia”, coletiva que começa nesta sexta-feira no Instituto Tomie Ohtake. A exposição faz parte da sexta edição do Arte Atual, programa do museu que incentiva a produção contemporânea a partir de parcerias entre a equipe curatorial do museu (formada por Paulo Miyada, participante do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA em 2016, e Carolina de Angelis), artistas convidados, galerias e instituições.

0

“auroras – pequenas pinturas” | Segunda parte da exposição abre neste sábado

(São Paulo, SP) Com o intuito de abrigar projetos de artistas, o espaço auroras inaugura a segunda parte da exposição “auroras – pequenas pinturas”. A mostra exibe trabalhos de diferentes épocas e propõe uma reflexão de cada artista sobre a própria obra e com as obras dos outros participantes, além de oferecer um amplo panorama da pintura brasileira. A exposição reúne cerca de 75 trabalhos em pequeno formato realizados entre 1983 e 2016 por 26 artistas e é dividida em duas partes consecutivas.

0

“Arte na Fabrika” reúne 3 exposições simultâneas

(Curitiba, PR) O Arte na Fabrika, evento organizado por Malu Meyer, pretende ativar outras experiências com as artes visuais na cidade, para além do circuito de galerias de arte contemporânea, reunindo pela primeira vez, 3 exposições simultâneas na Fabrika, espaço que manteve suas características arquitetônicas reunindo o passado e o presente com atividades criativas e sustentáveis.

Últimos dias | “Viva Maria”, coletiva com Gustavo Speridião, Hector Zamora, Pablo Lobato e Traplev

(São Paulo, SP) Em meio ao verdadeiro suspense quanto aos rumos do cenário social e político do Brasil no momento de realização da Copa do Mundo, a curadora Maria Montero reuniu trabalhos que lançam mão de ironia, ou mesmo de afiado cinismo, para indagar a realidade ou propor utopias. No embate entre produções históricas e contemporâneas, a exposição propõe uma reflexão aberta, inconclusa, sobre a crítica social na arte – no caso do Brasil, antes condicionada pela repressão e pela censura, e agora marcada por uma confusão ético-moral onde a corrupção domina e a crítica se faz por vozes dispersas.

Gustavo Speridião, Hector Zamora, Pablo Lobato e Traplev participam de mostra coletiva em galeria paulista

(São Paulo, SP) “Viva Maria” dialoga de maneira pouco óbiva com o momento presente. A mostra propõe gerar ruídos em meio ao debate corrente, como no trabalho de Traplev, que interfere na fachada da galeria e a instaura como local de um virtual novo prostest. Já o mexicano Hector Zamora sugere uma espécie de utopia, fator reiterado pelo fato de o trabalho ser um projeto não integrado à 27ª Bienal de São Paulo por algumas inviabilidades.

“Viva Maria” | Mostra coletiva com Gustavo Speridião, Hector Zamora, Pablo Lobato e Traplev

(São Paulo, SP) Em meio ao verdadeiro suspense quanto aos rumos do cenário social e político do Brasil no momento de realização da Copa do Mundo, a curadora de “Viva Maria” reuniu trabalhos que lançam mão de ironia, ou mesmo de afiado cinismo, para indagar a realidade ou propor utopias. No embate entre produções históricas e contemporâneas, a exposição propõe uma reflexão aberta, inconclusa, sobre a crítica social na arte – no caso do Brasil, antes condicionada pela repressão e pela censura, e agora marcada por uma confusão ético-moral onde a corrupção domina e a crítica se faz por vozes dispersas.

Artistas PIPA no Armory Show

Hector Zamora, Pablo Lobato e Rafael Carneiro estão entre os artistas sendo apresentados na feira nova-iorquina, que é uma das principais feiras de arte internacional dedicada as obras de arte mais importantes dos séculos XX e XXI.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA