Tagged Sonia Gomes

0

Coletiva reúne 29 artistas para discutir preconceito, violência e justiça

(São Paulo) Começa hoje no Instituto Tomie Ohtake a exposição “OSSO – Exposição-apelo ao amplo direito de defesa de Rafael Braga”. A coletiva reúne trabalhos inéditos ou feitos especialmente para a exposição de 29 artistas que discutem temas como preconceito, violência e racismo. Dos 29 participantes, 13 já foram indicados ao Prêmio PIPA, entre eles o ganhador do Prêmio ano passado Paulo Nazareth e os finalistas de 2010 e 2016 Jonathas de Andrade e Clara Ianni, respectivamente.

0

“Novos Xamãs”: coletiva em Miami discute grandes questões do Brasil

(Miami, EUA) Resultado das viagens recorrentes da família Rubell ao Brasil em busca de novas aquisições, a exposição “Novos Xamãs: Artistas Brasileiros”, que estreou essa semana no prédio da Rubell Family Collection, apresenta obras de cunho político, social e ambiental de 12 artistas emergentes. São eles: Lucas Arruda, Thiago Martins de Melo, Sonia Gomes, André Komatsu, Daniel Steegman Mangrané, Maria Nepomuceno, Solange Pessoa, Paulo Nimer Pjota, Marina Rheingantz, Eli Sudbrack, Erika Verzutti e o vencedor do Prêmio PIPA 2016 Paulo Nazareth.

0

PIPA 2016 – Artistas indicados | Veja o 3º boletim

Este é o último boletim de hoje. Amanhã às 10 horas recomeçamos a divulgação dos indicados. Dos 5 artistas cujos nomes são divulgados neste boletim, 2 são homens e 3 são mulheres. Apenas 1 participa do PIPA pela primeira vez este ano. O anúncio dos indicados segue até sexta-feira, sempre com comunicados às 10, 13 e 18 horas. Acompanhe com exclusividade aqui no site.

Júlia Rebouças

Vive e trabalha entre São Paulo, SP, e Belo Horizonte, MG. Membro do Comitê de Indicação PIPA 2015 e 2018. Júlia Rebouças é curadora, pesquisadora e crítica de arte. Foi co-curadora da 32ª Bienal de São Paulo (2016). De 2007 a 2015 integrou a curadoria do Instituto Inhotim. Foi membro do comitê curatorial do 18º e…

Mais de 100 artistas participam de exposição em ponto histórico paulista

(São Paulo, SP) Uma “invasão criativa”, assim o curador Marc Pottier define a mostra “Made by…Feito por Brasileiros”. Ocupando o Hospital Matarazzo, uma área de 27 mil metros quadrados a poucas quadras da avenida Paulista, a exposição apresenta obras de mais de 100 artistas brasileiros e estrangeiros. Ainda ostentando as marcas do tempo e do abandono, os prédios antigos são ocupados pela energia irreverente da arte contemporânea. A maioria das obras que integram essa mega exposição foi concebida pelos artistas especificamente para o lugar e tem a efêmera existência de 35 dias. Importantes nomes da cena contemporânea mundial, como Adel Abdessemed, Moataz Nasr e Jean Michel Othoniel, estão ao lado de consagrados nomes da arte contemporânea brasileira, como Tunga, Henrique Oliveira, Carlito Carvalhosa, Iran do Espírito Santo, Nuno Ramos e Vik Muniz.

SP-Arte 2014 | Destaques da 10ª edição

(São Paulo, SP) A Feira Internacional de Arte de São Paulo, em sua décima edição, conta com exposições de mais de 130 galerias do Brasil e outros 18 países, apresentando obras de arte moderna e contemporânea de inúmeros artistas consagrados. Durante a Feira, Rodrigo Braga estará expondo “Dead Horse Bay”, série produzida durante seu período de residência na Residency Unlimited, em Nova York. No sábado Mariana Palma lança livro com uma compilação de obras produzidas por ela de 2006 a 2013. Além disso Traplev tem trabalhos expostos no projeto “Laboratório curatorial”, durante todo o período da Feira.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA