Tagged Sesc Pompeia

0

20° Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil discute representatividade geopolítica da arte

(São Paulo, SP) Um panorama da produção do chamado Sul Global – antigamente chamado de “Terceiro Mundo” pelos internacionalistas – é o tema do 20° Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, que começou nesta terça no Sesc Pompeia. A mostra reúne mais de 50 artistas, nove deles indicados ao Prêmio PIPA, e estimula uma discussão sobre as “amarras herdadas do passado colonial”.

0

Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil promove reflexão em torno da produção artística do sul global

(São Paulo, SP) Em sua 19ª edição, o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil apresenta obras de 62 artistas de 27 países da América Latina, Caribe, África, Oriente Médio, Oceania, Europa e Ásia. Dentre os participantes estão Armando Queiroz, Beto Shwafaty, Clara Ianni, Cristiano Lenhardt, Débora Bolsoni, João Castilho, Leticia Ramos, Luciana Magno, Paulo Nazareth, Paulo Nimer Pjota, Rafael RG, Rodolpho Parigi, Rodrigo Matheus, Runo Lagomarsino e Waléria Américo.

0

Leia entrevista do Grupo EmpreZa cedida ao Instituto Marina Abramovic

A discussão apresentada na entrevista produzida exclusivamente para o Marina Abramovic Institute por Ulisses Carrilho é um diálogo com o Grupo EmpreZa. No lugar das tradicionais perguntas e respostas, o coletivo de arte escolheu responder perguntas com novas questões e fragmentos de textos institucionais. As questões foram propostas pelo grupo e estão presentes na íntegra no catálogo de “Terra Comunal”, mostra em que estão em cartaz, ao lado da retrospectiva de Marina Abramovic. Leia a entrevista.

Últimos dias | “Terra Comunal”, com Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês

(São Paulo, SP) O projeto é dividido em duas partes: Terra Comunal – Marina Abramovic, com obras da artista, e Terra Comunal – MAI, que apresentará a proposta do Marina Abramovic Institute pela primeira vez em grande escala no mundo. A performer sérvia e as curadoras Paula Garcia e Lynsey Peisinger selecionaram oito artistas brasileiros que realizarão performances ao vivo durante todo o evento. Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês integram a mostra.

Em cartaz | “Terra Comunal”, retrospectiva de Marina Abramovic

(São Paulo, SP) O público poderá conhecer e participar do Método Abramovic, praticando uma série de atividades imersivas durante um período de duas horas, a fim de explorar as fronteiras da arte imaterial e das performances de longa duração. “Vivemos num mundo de constantes distrações. Os exercícios do Método permitem que as pessoas experimentem o tempo de estar com elas mesmas, a quietude e a ausência de necessidades. Isto possibilita ao participante absorver e apreciar melhor as performances de longa duração”, destaca a artista. Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês foram alguns dos nomes escolhidos pela performer sérvia para apresentar trabalhos ao vivo durante toda a mostra.

Brasileiros realizam performances em mostra dedicada ao trabalho de Marina Abramovic

(São Paulo, SP) O público poderá conhecer e participar do Método Abramovic, praticando uma série de atividades imersivas durante um período de duas horas, a fim de explorar as fronteiras da arte imaterial e das performances de longa duração. “Vivemos num mundo de constantes distrações. Os exercícios do Método permitem que as pessoas experimentem o tempo de estar com elas mesmas, a quietude e a ausência de necessidades. Isto possibilita ao participante absorver e apreciar melhor as performances de longa duração”, destaca a artista. Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês foram alguns dos nomes escolhidos pela performer sérvia para apresentar trabalhos ao vivo durante toda a mostra. Veja algumas imagens dessas ações e saiba mais sobre a programação.

0

Ayrson Heráclito chega ao Senegal para período de residência artística

Premiado pelo 18º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, Ayrson Heráclito chegou esta semana ao Senegal para participar de residência artística da Raw Material Company. O artista, que pesquisa a herança e das influências históricas, culturais, sociais e religiosas da chegada dos africanos ao Brasil e, em especial, à Bahia, desenvolverá seu trabalho durante dois meses em Dacar. A Raw Material Company é um centro de arte que promove a valorização e o crescimento da criatividade artística e intelectual na África. Entre as atividades que estão previstas durante o período de residência do artista estão uma exposição na Raw Material e uma performance na Ilha de Gorée, distrito da cidade de Dacar conhecido pelo memorial e pelo museu dedicados à memória do tráfico de escravos africanos.

Abertura | “Terra Comunal”, de Marina Abramović, com Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês

(São Paulo, SP) O projeto é dividido em duas partes: Terra Comunal – Marina Abramovic, com obras da artista, e Terra Comunal – MAI, que apresentará a proposta do Marina Abramovic Institute pela primeira vez em grande escala no mundo. A primeira parte da exposição, reúne três instalações de Abramovic, enquanto a segunda traz a maior experiência já aplicada das propostas do MAI em todo o mundo. A performer e as curadoras Paula Garcia e Lynsey Peisinger selecionaram oito artistas brasileiros que realizarão performances ao vivo durante todo o evento, incluindo Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês, que apresentam “Transmutação da Carne”, “Vesúvio” e “O Vínculo”, respectivamente.

Marina Abramović realiza mostra no Brasil com a participação de Ayrson Heráclito, Maurício Ianês e do Grupo EmpreZa

(São Paulo, SP) “Terra Comunal – Marina Abramović + MAI” é uma exposição dedicada à obra da artista sérvia. Dividido em duas partes, o projeto apresenta obras e ações da performer em três instalações, além da proposta do MAI, Marina Abramovic Institute, que vai oferecer ao público a oportunidade de conhecer e participar do Método Abramovic. Oito artistas foram selecionados para apresentar performances ao vivo durante o evento e entre eles estão Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês.

“Multitude”, coletiva com Dora Longo Bahia e Lourival Cuquinha

(São Paulo, SP) O projeto internacional de arte contemporânea “Multitude” reúne exposição, performances e debates em torno do conceito de multidões. Heterogênea, dispersa, complexa e multidirecional, a multidão vem gerando debate intenso nos campos da sociologia e ciência política, sendo tema também de uma diversidade de obras artísticas nos últimos anos. O eixo principal é a mostra, com mais de vinte obras produzidas em diferentes suportes. A curadoria geral é de Andrea Caruso Saturnino e Lucas Bambozzi.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA