Tagged Pontogor

0

Performance, vídeo e dança na 13º edição do “VERBO”

(São Paulo, SP) Vencedora do Prêmio PIPA em 2014, Alice Miceli participa, junto dos indicados Maurício Ianês (2014) e Pontogor (2011) , além de de outros 25 artistas de todo o mundo, da 13ª edição do “Verbo”, mostra de performance arte. O festival acontece a partir da semana que vem na Galeria Vermelho (apresentando, no dia 15, parte de sua programação no Galpão VB), e propõe um diálogo entre performance e vídeo.

0

Passado e presente se articulam na coletiva “Deus está solto!”

(São Paulo, SP) Um grito histórico, ainda que esquecido, dá nome à coletiva que é inaugurada na Galeria Jaqueline Martins neste fim de semana. Com curadoria de Germano Dushá, a exposição “Deus está solto!” (frase pronunciada por Caetano Veloso em 1968) se lança sobre dois diferentes contextos políticos nacionais, os anos da ditadura e o presente, para investigar nuances do imaginário social do Brasil.

0

Luísa Nóbrega, Maurício Ianês e Pontogor participam de coletiva com curadoria de Germano Dushá

(Rio de Janeiro, RJ) O projeto – cujo título é formado pela combinação de grafismo e onomatopéia – gira em torno da ideia de um movimento de pequena retração e forte impulso, reunindo trabalhos que, de diferentes maneiras, potencialmente o performam. A partir de cada ação, pensa-se a noção de gesto e sua relação com a ordem da estética, da ética e da política.

0

Com curadoria de Paulo Miyada, mostra propõe expandir a relação do público com a ciência através da arte

(São Paulo, SP) Com obras de 16 artistas, dentre eles Leticia Ramos, Marcelo Moscheta e Marcius Galan, “Arte e Ciência – nós entre os extremos” terá também a participação de dois cientistas. Um especialista em síntese molecular e um físico astronômico serão entrevistados sobre assuntos e conceitos abstratos para maior parte das pessoas, tendo as obras como referência para explicá-los.

0

Exposição-experimento “O Tempo da Duração” apresenta trabalhos de oito artistas em ocupação

(Rio de Janeiro, RJ) Maria Laet, Matheus Rocha Pitta, Rodrigo Braga, Sofia Borges e Yuri Firmeza são alguns dos artistas que integram “O Tempo da Duração”, mostra com curadoria de Manoela Medeiros e Romain Dumesnil que parte do trabalho do escritor e filosofo francês Albert Camus e através de obras que dialogam com a noção de mineralidade, propondo uma reflexão sobre questões da experiência humana e do seu lugar no mundo.

0

Veja imagens do projeto Permanências e Destruições, com participações de Daniel de Paula e Pontogor

Durante o mês de janeiro, o projeto Permanências e Destruições ocupou diversos pontos abandonados da cidade do Rio de Janeiro. Onze artistas apresentaram ações durante a mostra, incluindo Daniel de Paula e Pontogor. De acordo com o curador João Paulo Quintella, “Permanências e Destruições é uma proposta de intervenção artística nestes territórios entre o uso e o abandono, entre o preenchimento e o vazio, entre a apropriação e o esquecimento. O recorte curadoria propõe uma produção não apenas site-specific, mas uma reação às condições de permanência e de destruição”. Assista aos vídeos dos artistas durante a ocupação e saiba mais sobre a mostra.

Próxima do encerramento | Projeto Permanências e Destruições, com Pontogor

(Rio de Janeiro, RJ) No último fim de semana do projeto Permanências e Destruições, Pontogor integra o grupo de artistas que realiza intervenções em locais abandonados do Rio de Janeiro. De acordo com o curador, João Paulo Quintella, a ideia do projeto é de “propor a passagem do público por territórios não familiares, destituídos de sua função original, mas cujos processos de erosão sejam visíveis e ainda latentes.”

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA