Tagged Paulo Herkenhoff

“Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas” | Mostra sobre a relação entre arte e educação

(Rio de Janeiro, RJ) Por que é importante para a arte estar perto da educação, e vice-versa? Quais os usos sociais dessa relação? Ao acreditar na “necessidade da arte”, ou da educação, que outras necessidades podemos entrever na relação entre ambos? A exposição é uma análise da relação entre arte e educação através de pinturas, fotografias, esculturas, instalações, objetos e documentos. Participam artistas como Ana Miguel, Cinthia Marcelle, Felipe Barbosa, Felipe Cohen, Grupo Empreza, Gustavo Speridião, Jonathas de Andrade, Lenora de Barros, Luciana Paiva, Marilá Dardot, Paulo Meira, Regina de Paula e Roberto Winter.

Últimos dias | “Arte Pará”, mostra coletiva com Dirnei Prates e Henrique César

(Belém, PA) Os vinte artistas, selecionados pelos jurados Paulo Herkenhoff, Eder Chiodetto, Armando Queiroz e Ernani Chaves, comprometem-se a participar de todo o processo educativo, que inclui seminários e conversas aproximadas com os mediadores e o público. A divulgação dos três primeiros colocados, assim como a premiação, ocorrerá no dia 9 de outubro, data de abertura das exposições.

A relação entre arte e educação é tema de mostra coletiva no Rio

(Rio de Janeiro, RJ) “Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas” tem mais de 180 obras de artistas como Ana Miguel, Cinthia Marcelle, Felipe Barbosa, Felipe Cohen, Grupo Empreza, Gustavo Speridião, Jonathas de Andrade, Lenora de Barros, Luciana Paiva, Marilá Dardot, Paulo Meira, Regina de Paula e Roberto Winter. Pinturas, fotografias, esculturas, instalações, objetos e documentos foram dividios em quatro núcleos – Dispositivos, Linguagem, Processos e Teorias.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA