Tagged Mira Schendel

0

Mostra histórica sobre preto e branco ganha nova edição

(Rio de Janeiro, RJ) Há quinze anos atrás, em 2002, Lygia Pape participava de sua última exposição em vida. A mostra em questão, “Projeto em Preto e Branco”, ganha uma nova edição a partir deste sábado, 18 de março, na Silvia Cinta + Box 4. O tema continua o mesmo: obras em preto, branco, ou preto e branco. Os participantes, no entanto, são outros, constituindo uma lista de quinze artistas dos quais cinco já foram indicados ao Prêmio PIPA, incluindo o vencedor de 2012 Marcius Galan.

0

“In Between” relaciona as subversões de 60 anos atrás com a arte contemporânea

(São Paulo, SP) “In Between” é uma exposição que se dispõe a retornar a esses parâmetros primeiros que sinalizam o desejo de equilíbrio na arte – moldura, plano, geometria – para, justamente, a partir daí, propor uma transfiguração desses elementos e assim pensar em categorias que os transcendam, tais como espaço, sujeito, vazio, formas de geometrias mais sensíveis e menos rígidas” explica a curadora Luisa Duarte.






0

Abertura da mostra coletiva “HIATO” com curadoria de Luisa Duarte

(Curitiba, PR) “A mostra torna-se assim uma aposta no murmúrio em meio a cacofonia generalizada em que estamos imersos. Uma aposta na delicadeza, na falha, no momento em que a palavra nos falta, na permanência no vazio que gera tempo para algum tipo de elaboração. Ou seja, trata-se de recordar que é ali, no espaço em branco entre um verso e outro de um poema que encontra-se guardado o sentido daquilo que está sendo dito.”






“Empty House – Casa Vazia”, coletiva com participações de Adriano Costa, Erika Verzutti, Marcius Galan e Rodrigo Matheus

(Nova York, EUA) “Empty House – Casa Vazia” é exposição de esculturas que atravessa gerações de artistas brasileiros cujas obras se relacionam ao legado do Neoconcretismo. Desafiando o racionalismo e a objetividade universal da abstração antecedente, os artistas neoconcretos buscaram meios de se expressar que iam além das formas imutáveis do objeto e adotaram uma abordagem de modo a expandir o vocabulário da escultura.






Vanda Klabin

Membro do Comitê de Indicação PIPA 2015. Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ. Formada em Ciências Políticas e Sociais pela PUC-RJ, em História da Arte e Arquitetura pela UERJ e Pós –Graduada em Filosofia e História da Arte, pela PUC-RJ, atua atualmente como curadora independente. Foi diretora do Centro de Arte Hálio Oiticica,…

Mostra coletiva comemora os 60 anos do Museu de Arte do Rio Grande do Sul

(Porto Alegre, RS) 160 obras de nomes como Camila Sposati, Daniel Escobar, Dirnei Prates, Mayana Redin, Pablo Lobato e Rommulo Vieira Conceição, dentre outros, percorrem o arco histórico do acervo do museu, desde o século XIX até a contemporaneidade. “Distrações da Memória: O Museu Como Modo de Rever o Mundo” propõe discussões acerca dos caminhos, distrações e desvios que também legitimam e constituem o campo artístico.






“Distrações da Memória: O Museu Como Modo de Rever o Mundo”

(Porto Alegre, RS) Com o objetivo dar visibilidade a obras canônicas, já consagradas na coleção do MARGS, ao lado de aquisições recentes, a mostra propõe discussões acerca dos caminhos, distrações e desvios que também legitimam e constituem o campo artístico. Com curadoria de Ana Zavadil, a exposição comemorativa dos 60 anos do Museu traz um conjunto de 160 obras do acervo, percorrendo todo o seu arco histórico de meados do século 19 até a contemporaneidade. Obras de Camila Sposati, Daniel Escobar, Dirnei Prates, Mayana Redin, Pablo Lobato e Rommulo Vieira Conceição estão em cartaz.






Última semana | “Fato aberto: o desenho no acervo da Pinacoteca do Estado”

(São Paulo, SP) Composta por cerca de 140 obras, a mostra tem como objetivo apresentar ao público um grupo de desenhos do acervo da Pinacoteca, reunidos ao longo dos seus mais de 100 anos de história e raramente expostos. O titulo da exposição foi inspirado em um texto de Mário de Andrade intitulado Do desenho. Segundo ele, o desenho é “uma transitoriedade e uma sabedoria” e que ele é “por natureza, um fato aberto.”.






Copyright © Instituto PIPA