Tagged Marcia de Moraes

0

Pedro Varela reflete sobre “o passado que não passa” em individual

(Rio de Janeiro, RJ) Para sua nova individual – sua primeira na Luciana Caravello Arte Contemporânea –, o indicado ao PIPA 2011 Pedro Varela decidiu realocar o conceito de “um passado que não passa”, do historiador Henry Rousso, para o contexto brasileiro. Reunindo onze pinturas de diferentes dimensões, além de alguns desenhos, “Un passé qui ne passe pas”, busca justamente explorar o passado que continua a reverberar no presente, seja em nossas relações sociais, em nosso DNA, ou na maneira como se vive hoje.

0

Últimos dias | Mostra individual de Marcia de Moraes na Galeria Leme

(São Paulo, SP) A dinâmica de frestas que fissuram os desenhos e colagens de Marcia de Moraes, parece induzir um deslocamento do olhar. Essa ideia de quebra remete à noção psicanalítica de “atos falhos”, que dá nome à exposição. Conceito desenvolvido por Sigmund Freud no início do século xx, os atos falhos seriam erros em ações ou na fala causados pelo inconsciente, brechas no discurso e na lógica do pensamento linear.






“Atos Falhos”, mostra de Marcia de Moraes

(São Paulo, SP) O conjunto de trabalhos apresentado por Marcia de Moraes parece atravessado por um movimento contínuo que se interrompe e se prolonga a cada desenho. À imagem de turbilhões contidos, as obras vibram com uma pulsação interna, ritmada por um eterno desencontro entre pleno e vácuo, entre cor e branco do papel.






Copyright © Instituto PIPA